PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Sasha dog: saiba quem criou e como usar o filtro de cachorro que viralizou no Instagram

A criação é parte de uma funcionalidade chamada AR Studio. Com essa ferramenta é possível importar objetos do mundo real e disponibilizá-los em filtros da rede social

17:05 | 12/10/2019
O filtro foi criado graças a recursos de realidade aumentada.
O filtro foi criado graças a recursos de realidade aumentada. (Foto: Reprodução)

Desde o início da semana, um cachorro caramelo passou a fazer parte de diversas fotos e vídeos na rede social Instagram. A imagem do vira-lata é tridimensional e se move junto com a cena que está sendo filmada. Criado em realidade aumentada, é preciso olhar atentamente ou avistá-lo nas fotos de desconhecidos para perceber que se trata de mais um filtro do Instagram.

O Sasha Dog é inspirado no animal de estimação do criador de conteúdo Antonio Ruggiero. Ele se vale de realidade aumentada para conseguir produzir essa “ilusão”: um cachorro "real", em 3D, que aparece onde você aponta a câmera do celular. É possível aumentar e diminuir o tamanho do animal, escolher onde ele vai ficar e até "girar" a imagem, pra posicionar melhor o cenário.

A criação é parte de uma funcionalidade chamada AR Studio e disponibilizada para desenvolvedores criarem funções e filtros com realidade aumentada. Com essa ferramenta é possível importar objetos do mundo real e disponibilizá-los em filtros da rede social.

Há duas formas simples de consegui-lo. A primeira é a partir dos seus amigos. Caso um deles tenha publicado o bichinho virtual, basta clicar no nome do filtro, que aparece no canto superior esquerdo da imagem.

A outra forma é clicando diretamente no link do filtro. Saiba como:

1. Com um smartphone, clique no link disponível na conta de Ruggiero (@antonio.ruggiero93);

2. Caso seja solicitado, toque em “Abrir no Instagram”. Se for preciso, confirme clicando em “Abrir”;

3. No Instagram, ative o modo stories com a câmera traseira. O cachorro em 3D vai surgir e você poderá posicioná-lo como preferir na foto ou vídeo. Pronto? Agora basta compartilhar com seis amigos.

É possível ainda baixar a imagem e pregar a peça em outras redes sociais.

Alguns smartphones, principalmente da Motorola e da Samsung, indicam que o efeito não é aceito no dispositivo. Isso acontece porque nem todos aparelhos disponíveis no mercado contam um giroscópio. Os giroscópios são utilizados em instrumentos como as bússolas. Quando colocados em um smartphone, os sensores de eixo conseguem informar exatamente para qual direção o produto está se movendo.