Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Fortaleza prevê finalizar vacinação de 100% da população adulta nesta semana

A meta é vacinar 100% da população com a primeira dose até o fim de agosto
12:26 | Ago. 16, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Fortaleza deve vacinar toda a população adulta ainda nesta semana. De acordo com a titular da Secretaria Municipal de Fortaleza, Ana Estela, o percentual de 100% da população de Fortaleza vacinada contra a Covid-19 está perto de ser batida. Atualmente, 85,2% da população maior de 18 anos já recebeu pelo menos uma dose da vacina e mais de 30% completou o esquema de vacinação.

Fortaleza já agenda jovens com 18 anos para receber a primeira dose, conforme as listas divulgadas pela Prefeitura. Com a finalização da vacinação de jovens nesta faixa etária, a gestão prevê realizar uma repescagem para pessoas entre 18 a 39 anos que perderam o dia do agendamento. Pessoas com 40 anos ou mais podem ir aos postos de saúde sem agendamento, estando apenas cadastrado no Saúde Digital. 

Mais informações em instantes

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Morre no Rio de Janeiro ex-deputado Simão Sessim

Geral
12:29 | Ago. 16, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O ex-deputado federal Simão Sessim, 85 anos de idade, morreu na madrugada de hoje (16), no Rio de Janeiro. Ele estava internado há dois meses na UTI do Hospital Pró-Cardíaco. Em nota, o hospital informou que o político, advogado e professor faleceu em decorrência de complicações da covid-19, durante um tratamento oncológico. Segundo o Pró-Cardíaco, o sepultamento será na tarde desta segunda-feira. “A instituição se solidariza com os familiares do político e informa que o sepultamento será nesta tarde, no cemitério de Ricardo de Albuquerque, na capela da família”.

Simão Sessim deixa cinco netos e dois filhos, o médico Marcelo Sampaio Sessim e o ex-prefeito de Nilópolis entre 2009 e 2021, Sérgio Sampaio Sessim, que informou a morte do pai no seu perfil do Facebook.

Eleito em dez mandatos consecutivos para a Câmara dos Deputados, o último completado no início de 2019, era filiado ao partido Progressistas (PP), e atualmente ocupava a chefia da representação do governo do estado do Rio de Janeiro, em Brasília. Sessim foi prefeito de Nilópolis, na Baixada Fluminense, entre 1973 e 1977.

Em nota, o diretório estadual da legenda no Rio de Janeiro lamentou a morte do deputado Simão Sessim, como mais uma vítima da covid-19. “Um dos mais longevos deputados federais da história, com 10 mandatos consecutivos, e quadro histórico do partido, Sessim dedicou sua vida à política, à causa pública, ao amor por Nilópolis, onde foi prefeito, e ao Estado do Rio de Janeiro. Nossos sentimentos à família e a certeza de que o legado de Simão Sessim será eterno”. A nota foi assinada pelos presidentes de honra do Progressistas-RJ Francisco Dornelles e do diretório estadual deputado federal Dr. Luizinho.

O governador do Rio, Cláudio Castro, também se manifestou por uma rede social. No seu perfil do Instagram, disse que recebeu a notícia da morte do amigo e chefe da representação do governo do estado em Brasília com o mais profundo pesar. “Na vida pública há mais de 50 anos, sempre atuou em defesa da população do Rio de Janeiro e, em especial, de sua querida Nilópolis. Com sua experiência, Sessim teve papel fundamental em negociações do estado com o governo federal e o Congresso Nacional - razão pela qual tenho muito a agradecer. À família e aos amigos, presto toda a minha solidariedade e peço a Deus que lhes dê conforto neste momento de dor”, disse Castro.

O prefeito de Nilópolis, Abraãozinho David, decretou luto oficial de três dias na cidade após a morte do ex-deputado federal.

Sessim chegou a ser investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em um inquérito baseado em delações premiadas do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, e do doleiro Alberto Youssef. De acordo com eles, o ex-deputado pediu R$ 200 mil do dinheiro desviado da Petrobras, no ano de 2010. Apesar disso, em 2016, o então ministro Teori Zavascki decidiu pelo arquivamento do inquérito.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Servidor do Ceará que recusar vacina estará sujeito a punição, anuncia Camilo

PANDEMIA
11:52 | Ago. 16, 2021
Autor Lais Oliveira
Foto do autor
Lais Oliveira Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O servidor público que não se vacinar no Ceará sofrerá sanções administrativas. A informação foi divulgada pelo governador do Ceará, Camilo Santana (PT), nesta segunda-feira, 16. Um projeto de lei será encaminhado pelo Governo hoje à Assembleia Legislativa do Estado (AL-CE).

Mais informações em instantes 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Covid-19: chegam a Guarulhos mais 2 milhões de doses de CoronaVac

Saúde
11:10 | Ago. 16, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Um carregamento com mais 2 milhões de doses prontas de vacina CoronaVac, contra a covid-19, chegou na noite de ontem (16) ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo.

Os imunizantes enviados da China pelo laboratório Sinovac vão passar por um controle de qualidade feito pelo Instituto Butantan, parceiro no desenvolvimento da CoronaVac, antes de serem disponibilizados ao Programa Nacional de Imunizações.

Segundo o secretário estadual de Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, com esse carregamento, são 8 milhões de doses de CoronaVac entregues para serem aplicadas em todo o país só em agosto. A previsão é que até o fim do mês tenham sido fornecidas 100 milhões de doses do imunizante para distribuição em todo o país, conforme os contratos assinados entre o Butantan e o Ministério da Saúde.

Virada da Vacina em São Paulo aplica mais de 500 mil doses 

Saúde
11:10 | Ago. 16, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Virada da Vacina, realizada no último final de semana, na capital paulista, aplicou mais de 500 mil doses do imunizante contra covid-19 em jovens de 18 a 21 anos. Foram 34 horas de vacinação sem interrupções. O objetivo foi o de incentivar os jovens a se vacinarem, encerrando o calendário de primeira dose para os adultos da cidade de São Paulo.

De acordo com o balanço da prefeitura, até às 17h de domingo, pelo sistema VaciVida, foram aplicadas 404.398 vacinas em primeiras doses (D1), 67.020 em segundas doses (D2) e 13 doses únicas.

Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), no total, a cidade ultrapassou a aplicação de 12 milhões de doses desde o início da campanha de vacinação, em fevereiro. Até as 17h deste domingo, foram aplicadas 8.776.321 (D1), 3.437.083 (D2) e 318.179 doses únicas, totalizando 12.531.598.

Com esses números, a cidade alcançou 98,5% da população vacinada com D1 ou dose única e 40,7% com D2 ou dose única. A vacinação prossegue amanhã (16) e terça (17) com a repescagem para todos os maiores de 18 anos, além da aplicação de segundas doses.

"Vale ressaltar a postura incansável dos profissionais de saúde, que são os nossos heróis em todo esse processo. Estamos chegando perto de 100% da população acima de 18 anos já vacinada na cidade, um exemplo para o mundo. Fazemos de quatro a cinco reuniões semanais só para tratar de pandemia. O que a cidade de São Paulo fez, não tem comparativo", afirmou o secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Morre o ex-deputado Simão Sessim

POLÍTICA
10:40 | Ago. 16, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia
O ex-deputado federal Simão Sessim (PP-RJ) morreu na madrugada desta segunda-feira no Hospital Pró-Cardíaco, na zona sul do Rio. Parlamentar por dez mandatos consecutivos, ele não conseguiu se eleger em 2018. Sessim tratava de um câncer linfático e contraiu covid-19.
A morte de Simão Sessim foi confirmada por um dos filhos, Sergio, ex-prefeito da cidade de Nilópolis, reduto eleitoral da família.
"Com um aperto enorme no coração comunico a vocês o falecimento de um guerreiro que nunca fugiu da luta, combateu o bom combate e guardou a sua fé, você sempre estará conosco em nossos corações e nas nossas memórias. Deus me deu a honra de ser meu pai, que junto com a minha mãe nos ensinou o respeito ao próximo e o amor pelo nosso povo e pela terra onde nascemos", diz trecho de postagem de Sergio em uma rede social.
Filiado ao Progressistas, Simão Sessim foi deputado federal entre 1979 e 2019. Elegeu-se primeiro pela extinta Arena, partido que deu suporte ao governo durante a Ditadura Militar, e ao longo das últimas décadas esteve vinculado ao PDS, PPB e PP - mesmo partido, que apenas mudou de nomenclatura e hoje se chama Progressistas -, além de um período vinculado ao PFL (hoje DEM).
Fora do Congresso ao somar 34.267 votos na última eleição, Simão Sessim atualmente ocupava o cargo de chefe da representação do governo do Estado em Brasília.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags