Participamos do

Secretaria recomenda autoquarentena a viajantes que chegam ao Ceará de quatro estados

A orientação é independente da manifestação de sintomas ou testes negativos para Covid-19. Preocupação é devido aos casos confirmados da variante Delta em solo cearense
12:36 | Ago. 07, 2021
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) recomenda aos viajantes que desembarcam no Estado, oriundos de quatro estados - Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul -, autoquarentena de 14 dias. Orientação consta em nota publicada nessa sexta-feira, 6, e a medida vale independente de as pessoas apresentarem sintomas ou testes negativos para Covid-19.

Os estados citados são os que têm casos da variante Delta, cepa do coronavírus mais transmissível. O Ceará já soma 15 casos de Delta confirmados, todos importados. Foram nove novos casos divulgados ontem, 6, pela Sesa: em passageiros vindos do Rio de Janeiro (6), de Recife (1), de São Paulo (1) e do México (1) — três mulheres, menores de 27 anos, e seis homens, com idades entre 20 e 38 anos.

Sesa orienta autoquarentena
Sesa orienta autoquarentena (Foto: DIVULGAÇÃO)

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

LEIA MAIS | Governo prorroga decreto e vai à Justiça pedir comprovante de vacinação para viajantes

A cepa acende alerta no Estado cearense, apesar de os números de casos e óbitos pela doença continuarem em queda. A procura assistencial também é baixa, e a taxa de positividade dos exames no Estado, que já esteve próxima a 80%, está atualmente em 10%.

O novo decreto estadual, conforme anunciado pelo governador Camilo Santana nessa sexta-feira, 6, não prevê avanços na retomada das atividades econômicas e comportamentais. No mundo, a Delta preocupa países que tiveram êxito no início da pandemia e que são exemplos de combate à doença, como China, Austrália e Vietnã.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags