PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Ginasta americana testa positivo para Covid-19 em base de treinamento

A identidade da atleta, que integra a seleção americana ao lado da estrela Simone Biles, não foi revelada, mas o funcionário do governo de Inzai, Kimiya Kosaku, afirmou que é uma adolescente

09:19 | 19/07/2021
Olimpíada de Tóquio é tema do programa Caminhos da Reportagem (Foto: )
Olimpíada de Tóquio é tema do programa Caminhos da Reportagem (Foto: )

Uma ginasta americana foi diagnosticada com Covid-19 na base de treinamento do país e outro integrante da equipe também foi isolado, anunciou nesta segunda-feira uma autoridade da cidade de Inzai, ao leste de Tóquio.

 

A identidade da atleta, que integra a seleção americana ao lado da estrela Simone Biles, não foi revelada, mas o funcionário do governo de Inzai, Kimiya Kosaku, afirmou que é uma adolescente.

 

O anúncio foi feito depois que a Vila Olímpica de Tóquio - onde milhares de atletas e integrantes das comissões técnicas vivem em uma bolha - registrou os primeiros casos de Covid-19 durante o fim de semana.

 

"A atleta foi isolada e está assintomática", disse Kosaku.

 

"Chegou ao Japão em 15 de julho. Outro membro da equipe foi identificado como contato próximo. Também está sozinho em seu quarto", completou.

 

A agência Kyodo News anunciou que o restante da equipe entrou na Vila Olímpica de Tóquio nesta segunda-feira.

 

Os Jogos Olímpicos, adiados por um ano pela pandemia, começarão oficialmente na sexta-feira sob rígidas condições de saúde e praticamente sem público. A cerimônia de encerramento acontecerá em 8 de agosto.

 

"Podemos confirmar que uma substituta na ginástica artística testou positivo para Covid-19", afirmou o Comitê Olímpico dos Estados Unidos à AFP.

 

"De acordo com os regulamentos locais e o protocolo, ela foi transferida para um hotel de quarentena", completou.