PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Flexibilização no Cariri: enquanto Juazeiro do Norte amplia retomada, Barbalha mantém medidas

Macrorregião avançou, há pouco mais de duas semanas, nas medidas de flexibilização econômica, se igualando as outras regiões do Ceará

Gabriela Almeida
17:57 | 15/07/2021
O horário de funcionamento do comércio de rua em Juazeiro do Norte foi ampliado. (Foto: Luciano Cesário)
O horário de funcionamento do comércio de rua em Juazeiro do Norte foi ampliado. (Foto: Luciano Cesário)

Há quase três semanas, a Macrorregião do Cariri avançou nas medidas de flexibilização econômica, com as mesmas medidas de outras regiões do Ceará. No entanto, enquanto municípios do Cariri como Juazeiro do Norte seguem ampliando a retomada, outros se mantém mais cautelosos. Barbalha, por exemplo, decidiu permanecer mais uma semana sem alterar decreto. 

O último decreto municipal de Barbalha, em conformidade com decreto estadual, liberou atividades físicas, feiras livres e o uso de transportes coletivos intermunicipais. O documento, cuja data de validade ia até essa quarta-feira, 14, estabelecia limites de capacidade e horários de atendimento específicos para setores.

Nesta semana, o Comitê de Saúde do município analisou a situação sanitária da região e constatou um aumento de quase 20% do número de notificações de descumprimento das normas impostas por documento. Por esse motivo, decidiu que o decreto anterior será mantido até o dia 22 de julho.

LEIA MAIS | Ceará registra a maior taxa de homicídios femininos do Brasil

Boletim médico indica que não há previsão de alta hospitalar para Bolsonaro

"Pôde-se perceber o aumento de 19% das notificações, além da prevalência de internados e estabilidade na positividade, levando a este comitê decidir que, pelo momento, nós manteremos as medidas que estavam esboçadas no último decreto", relatou o Coordenador da Vigilância Sanitária de Barbalha, Carlos Henrique, em entrevista à Rádio O POVO/CBN Cariri.

As únicas alterações que ocorrem no novo documento foi no horário de funcionamento do comércio na semana, que será agora das 7 horas às 17 horas, e a permissão de música ambiente nos estabelecimentos. No último boletim divulgado nas redes sociais da Prefeitura de Barbalha, a região acumulava 7.798 casos confirmados da doença e 195 óbitos em decorrência da patologia desde o inicio da pandemia no Estado.

Já em Juazeiro do Norte, outro município carirense, um novo decreto ampliou o horário de funcionamento do comércio de rua, que antes era das 9 às 17 horas. O documento, divulgado no inicio desta semana, permitiu que o setor funcione agora das 8 às 18 horas, ampliando a capacidade máxima para 50%. São 33.245 casos confirmados e 623 óbitos desde o primeiro caso identificado da patologia na região.

"A gente percebe uma melhora, pouca, mas a gente vê que o comércio está reagindo, a gente percebe a frequência de chegada de representantes que vai movimentando um pouco a rede hoteleira com o avanço, isso vai melhorando a economia do município, a nossa única saída é quando todo mundo tiver vacinado", destacou Zenilda Sena, presidência da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Juazeiro do Norte. 

Com informações do repórter Guilherme Carvalho, em reportagem para a Rádio O POVO CBN Cariri