PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Após imunização de 100% dos adultos em Guaramiranga, fase de monitoramento é iniciada

A fase de monitoramento da vacinação contra Covid-19 consiste em uma avaliação da resposta imune de anticorpos

15:10 | 13/07/2021
100% dos adultos acima de 18 anos, em Guaramiranga, já receberam a primeira dose do imunizante contra Covid-19 (Foto: Fátima Holanda)
100% dos adultos acima de 18 anos, em Guaramiranga, já receberam a primeira dose do imunizante contra Covid-19 (Foto: Fátima Holanda)

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) inicia o monitoramento da eficácia da vacinação contra a Covid-19 nos moradores de Guaramiranga nesta terça-feira, 13. O município é o primeiro do Ceará a imunizar 100% da população adulta, com idade igual ou superior a 18 anos.

A fase de monitoramento da vacinação consiste na realização de uma avaliação da resposta imune de anticorpos neutralizantes, por meio de sorologia, e dá seguimento aos casos de RT-PCR (exames que atuam detectando o material genético do vírus) positivos.

O município concluiu a imunização de primeiras doses em toda a população adulta e cadastrada na plataforma Saúde Digital. Conforme os dados divulgados pela Prefeitura de Guaramiranga, foram 4.735 pessoas que receberam pelo menos uma dose da vacina, e 567 receberam a segunda dose.

O número de vacinados foi superior aos 4.002 adultos estimados no último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Além disso, o município registrou 865 casos confirmados desde o início do mapeamento das infecções, além de cinco óbitos.

“Vamos avaliar como é que a vacina se comporta diante de uma situação comum, pois, nos laboratórios, a situação é mais controlada. Iremos ver a eficácia em uma população real, porque temos pessoas com perfis diversos e vacinas diferentes”, explica Magda Almeida, secretária executiva de Vigilância e Regulação da Sesa.

Nesta terça, 13, cerca de 300 pessoas estão sendo chamadas para tomar a segunda dose do imunizante da CoronaVac/Butantan, momento em que também será coletado material para o monitoramento. Ao todo, 2.600 pessoas participarão do estudo.

“Iremos acompanhar e entender como é que a Covid-19 se comporta com a vacina. Isso é importante porque, a partir dos conhecimentos que observarmos nesta população, poderemos traçar estratégias e políticas mais efetivas de combate à doença no Estado”, destaca Magda Almeida.

*A iniciativa tem a participação da Universidade Federal do Ceará (UFC) e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) no Estado, além da Secretaria de Saúde de Guaramiranga.

LEIA TAMBÉM | Estudo da CoronaVac em Serrana mostra pandemia foi controlada

Serrana: vacina faz cair em 95% as mortes e em 80% os casos de covid

Projeto S

Guaramiranga segue o exemplo do município de Serrana, no interior paulista, que vacinou 75% da população com a CoronaVac, do Instituto Butantan. A iniciativa fez os casos sintomáticos de Covid-19 caírem 80%, as internações reduzirem 86% e as mortes, 95%. Isso após aplicação da segunda dose da vacina.

A ação recebeu o nome de "Projeto S". O estudo clínico é realizado pelo Instituto Butantan, na cidade. A redução foi constatada por meio da comparação dos dados desde o início do projeto até finalização da vacinação de todos os grupos com o restante do trimestre avaliado (fevereiro, março e abril de 2021).