PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Covid-19: MPCE lança campanha para cadastrar pessoas na vacinação em Fortaleza

Iniciativa continua até 16 de julho, com o intuito de atender pessoas em situação de vulnerabilidade social residentes de 28 bairros de Fortaleza. Confira os locais de cadastramento até o fim da semana

19:02 | 06/07/2021
Francisco Evangelista dos Santos (aposentado) durante o cadastro para vacinação contra a Covid-19. Foto tirada no dia 2 de julho, na Barra do Ceará (Foto: Reprodução/Ministério Público do Ceará)
Francisco Evangelista dos Santos (aposentado) durante o cadastro para vacinação contra a Covid-19. Foto tirada no dia 2 de julho, na Barra do Ceará (Foto: Reprodução/Ministério Público do Ceará)

Até o próximo dia 16 de julho, o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) realiza a campanha "Cadastro Solidário", com o objetivo de beneficiar pessoas digitalmente excluídas e vulneráveis que não conseguiram se cadastrar para a vacinação contra a Covid-19. Com o apoio de órgãos e instituições parceiras, atendentes e veículos adaptados estão percorrendo desde o dia 2 de julho vários bairros do Fortaleza. O intuito é atender pessoas residentes de 28 bairros da capital, selecionados conforme a necessidade de cadastramento e seguindo dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

O atendimento desta terça-feira, 6, foi no Residencial Escritores (Machado de Assis), na rua G, 255, no bairro Paupina, e continua no mesmo local até esta quarta, 7. Rosália dos Santos, dona de casa e paciente do Centro de Apoio Psicossocial (CAPs), é moradora do bairro e foi a primeira a chegar e ser cadastrada por meio da campanha. Segundo ela, foi ótimo ir até o local e garantir a imunização para cuidar bem da saúde.

A iniciativa começou pelo Senai da Barra do Ceará, tendo como parceiros a Federação da Indústria do Estado do Ceará (FIEC), o Serviço Nacional de Aprendizagem da Indústria (SENAI), a Secretaria de Proteção Social Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos do Estado do Ceará (SPS) e a SMS. 

LEIA MAIS | Fortaleza: como fazer cadastro da vacina da Covid-19 em terminais de ônibus 

Bolsonaro diz que há 'um montão' de cadastros irregulares no Bolsa Família

A campanha tem recebido o apoio logístico de veículos adaptados do Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon) e da Ouvidoria-Geral do MPCE.  O atendimento acontece de segunda à sexta-feira, das 8 às 16 horas. O cidadão precisa ter em mãos a documentação necessária para cadastramento (um documento original com foto, CPF e comprovante de endereço). É obrigatório usar máscara e manter distanciamento, conforme estabelece o decreto em vigência.

O promotor de Justiça e coordenador do Centro de Apoio Operacional de Defesa da Saúde, Eneas Romero, explica que todas as instituições precisam proteger o direito das pessoas mais vulneráveis. "Essa é uma função do Ministério Público, e estamos indo às comunidades da periferia para cadastrar as pessoas e garantir a vacinação, porque esse é o nosso objetivo o quanto antes para superarmos este desafio”, explicou.

Programação da campanha "Cadastro Solidário"

- Quarta-feira, 07/07: Residencial Escritores (Machado de Assis) – Rua G, 255, Paupina
- Quinta-feira, 08/07: Residencial Independência 2 – Rua 23 de Junho, 3100, Granja Lisboa
- Sexta-feira, 09/07: Residencial Independência 2 – Rua 23 de Junho, 3100, Granja Lisboa

Para acompanhar as informações e a programação dos pontos de atendimento da próxima semana, acesse o site do MPCE.