PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Fortaleza: 41 mil profissionais da educação já foram vacinados contra a Covid-19

O número inclui profissionais do setor profissionalizante, básico e superior

14:00 | 04/06/2021
Membros da Apeoc visitam local de vacinação para professores para orientá-los sobre a  assinatura de documento  (Foto: FABIO LIMA)
Membros da Apeoc visitam local de vacinação para professores para orientá-los sobre a assinatura de documento (Foto: FABIO LIMA)

41.249 trabalhadores da educação, do setor básico ao superior, já foram vacinados contra a Covid-19 em Fortaleza. O número significa que 93% dos profissionais da área já receberam uma dose de algum imunizante desde que a campanha para o grupo foi iniciada no último fim de semana. A meta da Prefeitura Municipal de Fortaleza é que até domingo, 6, todos do setor, que estejam devidamente cadastrados para o município, sejam contemplados.  

A informação foi confirmada pela titular da saúde, Ana Estela, na manhã desta sexta-feira, 4. Segundo ela, o número inclui profissionais do setor profissionalizante, básico e superior. "Isso representa 93% da meta desse grupo, e até domingo nós concluiremos os que fizeram seu cadastro no Saúde Digital quando a gente fez a transferência desse banco de dados aqui para o município", pontuou a secretária.

LEIA MAIS | Professores alegam constrangimento por obrigatoriedade de termo como requisito de vacinação

Com esse dado, a vacinação de professores é uma das mais avançadas frente a de outras categorias dentro dos grupos prioritários. De acordo com o balanço, 6.433 agentes da força de segurança, salvamento ou armadas tinham sido vacinados, representando 51,5% do total. A expectativa da Prefeitura é que até sábado, 4, todos tenham sido chamados.

O início da vacinação deste setor causou atritos entre categoria e o Estado, com a medida que prevê a vacinação desse grupo prioritário somente caso assinem um termo em que concordam com retorno ao ensino presencial após estarem imunizados, no segundo semestre deste ano. A Comissão responsável por analisar o caso chegou a considerar a revogação do termo, mas manteve a obrigatoriedade.

LEIA MAIS | Estagiários da Educação são impedidos de se vacinarem no Centro de Eventos

Números da quarta fase

Nesta quarta fase, estão sendo vacinados trabalhadores da educação (41.249), forças de segurança e salvamento e forças armadas (6.433), funcionários do Sistema de Privação de Liberdade (vacinação deve começar amanhã), trabalhadores portuários (354) e do transporte aéreo (548), bem como pessoas em situação de rua. A prioridade dos grupos foi definida após reunião da Comissão Intergestores Bipartite do Ceará (CIB-CE), no qual se reúnem representantes de secretarias municipais e agentes da Secretaria da Saúde (Sesa).

A decisão também aponta que, com cumprimento de 90% das metas das quatro fases prioritárias do Programa Nacional de Imunizações (PNI), a vacinação contra a Covid-19 vai avançar para a população geral do Estado, escalonada por idade em ordem decrescente de 59 anos a 18 anos. Em Fortaleza, esse avanço deve acontecer neste domingo, 6.