PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Butantan pedirá autorização à Anvisa para iniciar testes clínicos da vacina "Butanvac"

O Instituto Butantan avança na produção de vacina própria e pedirá autorização à Anvisa para iniciar os testes clínicos.

08:16 | 26/03/2021
Sede do Butantan, em São Paulo (Foto: Carl de Souza/ AFP)
Sede do Butantan, em São Paulo (Foto: Carl de Souza/ AFP)

O Instituto Butantan obteve avanços na produção de uma vacina própria contra a Covid-19 e informou que irá pedir autorização à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para iniciar testes clínicos com voluntários. Objetivo é ter 40 milhões de doses prontas até o fim de 2021. As informações foram anunciadas pelo jornal "Folha de S.Paulo" na quinta-feira, 25.

Com o objetivo de repassar 40 milhões de doses prontas até o fim deste ano, a nova candidata à vacina será chamada de "Butanvac". O desenvolvimento da Butanvac não irá alterar o cronograma da Coronavac.

O pedido de autorização se refere às fases 1 e 2 de testes da vacina. Nestas fases, são avaliadas a segurança e capacidade de promover resposta imune com 1.800 voluntários. Na fase três, até 9.000 pessoas irão participar e a etapa vai estipular a eficácia do imunizante.

Atualmente, o Instituto envasa a Coronavac, com insumos vindos da China. O intuito é que a partir do próximo semestre, o Butantan nacionalize a fabricação. No Rio de Janeiro, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) recebeu a vacina de Oxford.

A pandemia já matou mais de 300 mil brasileiros. Até a noite de ontem, 25, segundo levantamento feito pelo consórcio de veículos de imprensa junto às secretarias de Saúde dos estados, 14 milhões de pessoas tomaram a primeira dose e 4 milhões a segunda. O número representa 6,65% da população brasileira.

Confira o mapa de vacinação contra a Covid-19 divulgado pelo Conselho Nacional de Saúde do Ministério da Saúde. A última atualização feita pela Secretaria da Saúde do Ceará foi divulgada na quinta-feira, 25, com 806 mil doses aplicadas. Cerca de 602 mil pessoas receberam a primeira dose e 204 mil receberam a segunda.

LEIA MAIS | Mais de 158 mil doses de vacina contra Covid-19 chegam ao Ceará nesta sexta