PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Apresentação musical em hospital é acompanhada por família à espera da liberação de corpo

Parentes de Francisco Diasis Lopes, falecido na mesma tarde, acompanharam emocionados a apresentação enquanto aguardavam a liberação do corpo

21:52 | 21/03/2021
Familiares observam músico enquanto esperam liberação do corpo de um parente. Projeto Pôr do Sol de Fortaleza faz homenagem aos profissionais de saúde com o pianista Felipe Adjafre. Hospital Leonardo da Vinci (Foto: FABIO LIMA)
Familiares observam músico enquanto esperam liberação do corpo de um parente. Projeto Pôr do Sol de Fortaleza faz homenagem aos profissionais de saúde com o pianista Felipe Adjafre. Hospital Leonardo da Vinci (Foto: FABIO LIMA)

O pianista Felipe Adjafre percorreu hospitais de Fortaleza, no fim da tarde e começo da noite deste domingo, 21, com apresentações em um palco sobre um caminhão, com objetivo de levar algum conforto aos pacientes e homenagear os profissionais de saúde que fazem o enfrentamento da Covid-19. Na calçada da primeira parada do percurso, no hospital Leonardo Da Vinci, a apresentação musical foi acompanhada pela família de Francisco Diasis Lopes Cavalcante, 69 anos. Os parentes aguardavam a liberação do corpo dele, que faleceu na mesma tarde, vítima do novo coronavírus. 

 

Maria de Lurdes, a viúva, conta que o marido estava internado desde o dia 9 de março. Três dos dez filhos de Diasis aguardavam junto à mãe quando começou a apresentação musical. Ela ficou muito emocionada ao ouvir a Oração de São Francisco. O marido é um Francisco, natural de Canindé e devoto do santo.

Diasis havia perdido o pai há três meses, também em decorrência da Covid-19. "É muito triste essa despedida. As pessoas ainda estão subestimando essa doença e ela é muito cruel", lamentou.

A apresentação-homenagem nos hospitais é iniciativa é da Secretaria do Turismo de Fortaleza. Depois do Leonardo da Vinci, Adjafre tocou no Hospital Otoclínica, Hospital da Unimed, Hospital Antônio Prudente, Instituto José Frota (IJF), Hospital Genêsis, Hospital São Raimundo, Hospital Monte Klinikum, Gastroclínica, Hospital São Mateus e Hospital Geral de Fortaleza. O mesmo projeto havia sido realizado no ano passado.