PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Todos os hospitais particulares de Fortaleza estão em colapso, diz secretário da Saúde

De acordo com Dr Cabeto, muitas unidades particulares já solicitaram ajuda ao sistema público

Júlia Duarte
11:07 | 16/03/2021
Hospitais privados se encontram em estado crítico com o aumento de pacientes internados por Covid- 19 (Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)
Hospitais privados se encontram em estado crítico com o aumento de pacientes internados por Covid- 19 (Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Todos os hospitais particulares de Fortaleza estão em estado crítico de colapso diante do aumento de internações e casos de Covid-19. A informação é do secretário de saúde do Estado, Dr. Cabeto, que esteve na manhã desta terça-feira, 16, em live com o governador Camilo Santana (PT). Segundo o titular da Sesa, tem havido solicitações diárias para ajuda por parte das unidades privadas.

"Todo o estado brasileiro está em uma situação muito difícil. Nós vimos hoje hospitais privados, todos hospitais privados de Fortaleza estão em colapso, 100% deles. Diariamente, eu tenho solicitações para ajudar, para colaborar", afirmou. De acordo com Cabeto, o momento pede uma integração entre os sistemas com o foco em questões técnicas e humanas. "Essa integração do Ceará como um todo, agora, é o mais importante. O mais importante agora é olhar pras questões técnicas e humanas, fazer as duas coisas de uma maneira harmônica, histórica e bem colocada, pra que a gente tenha um bom resultado", ressaltou. 

Na tarde da segunda-feira, 15, o presidente da Unimed, Elias Leite, afirmou que o limite de expansão está se esgotando. Além da construção de hospital de campanha pela segunda vez, a empresa está criando novos leitos dentro do setor de emergência de seu hospital. “A nossa capacidade de expansão já está chegando ao limite ou até já passando do limite”, disse.

Já nos hospitais públicos segue a expansão rápida do número de leitos de UTI e de enfermaria para evitar uma sobrecarga no sistema. Atualmente, contabilizando o Hospital Leonardo da Vinci, o Hospital de Messejana e o Hospital Geral de Fortaleza (HGF), são cerca de 900 pacientes internados com Covid-19 na Capital, segundo informou o secretário.

Obras no HGF

 

A live acompanhou as obras da montagem das unidades de campanha do Hospital Geral de Fortaleza (HGF). Serão três tendas anexas, com capacidade para 103 leitos no total. Os leitos estão sendo disponibilizados para atender pacientes com enfermidades que não são de Covid, para abrir esse mesmo espaço dentro do Hospital para os pacientes com coronavírus. Trinta e cinco leitos serão entregues já na tarde desta terça-feira.

O sistema público tem trabalhado com a Central de Regulação para transferência de pacientes de municípios que já atingiram sua capacidade de atendimento. "Para garantir que todas as pessoas dos municípios necessitários possam ser transferidas em tempo hábil, o Estado tem mudado toda a sua regra de funcionamento, ajustando ocupação e dimensionamento de leitos, além dessa expansão", ressaltou Dr. Cabeto.