PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Reitores de universidades públicas cearenses assinam Manifesto pela Vida e pela Ciência

Documento foi assinado reitores da Uece, da UFC, da UFCA, da Urca, da UVA e do IFCE e reforça apoio a medidas sanitárias adotadas por Camilo Santana (PT), como decreto de lockdown, uso obrigatório de máscara, ampliação de leitos de UTI e busca por vacinas

Gabriela Custódio
15:45 | 11/03/2021

Reitores de seis instituições públicas do Ceará lançaram o Manifesto pela Vida e pela Ciência nesta quinta-feira, 11, dia em que o País soma mais de 270 mil mortes causadas pela Covid-19. No documento, os gestores da Universidade Estadual do Ceará (Uece), da Universidade Federal do Ceará (UFC), da Universidade Federal do Cariri (UFCA), da Universidade Regional do Cariri (Urca), da Universidade Estadual do Vale do Acaraú (UVA) e do Instituto Federal de Educação e Tecnologia do Ceará (IFCE) manifestaram apoio a medidas sanitárias adotadas pelo governador Camilo Santana (PT) e solidariedade às famílias afetadas pela doença.

Eles argumentam que o atual cenário da pandemia no Brasil exige posicionamento firme das instituições, uma vez elas são responsáveis por formação de profissionais e produção de conhecimento científico e tecnológico "em sintonia com a sociedade e com um projeto de desenvolvimento para o País e para o estado do Ceará".

Entre as medidas adotadas pelo Governo do Estado, os reitores citaram o decreto de lockdown e a obrigatoriedade do uso de máscara, além da ampliação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e do "esforço hercúleo" para adquirir vacinas.

"Sabemos ser necessário o convencimento e o envolvimento da sociedade nesse momento tão difícil. Para isso, comprometemo-nos a difundir, para toda a comunidade acadêmica e para a sociedade cearense, a importância e desse apoio, que precisa ser ativo e mobilizador", afirmam. Além disso, o manifesto aponta a necessidade da adesão de outros segmentos representativos, como lideranças politicas, empresariais e religiosas, além de representantes da sociedade civil organizada.

"Ao passo que nos solidarizamos com as famílias afetadas pela Covid-19, salientamos que é hora de mantermos unidade, espírito coletivo e solidariedade para que, juntos, possamos atravessar esse difícil momento que vivemos", finaliza o manifesto, que é assinado pelos professores Hidelbrando dos Santos Soares, reitor da Uece; José Cândido Lustosa Bittencourt de Albuquerque, reitor da UFC; Ricardo Luiz Lange Ness, reitor da UFCA; Francisco do O’ de Lima Júnior, reitor da Urca; Fabianno Cavalcante de Carvalho, reitor da UVA, e José Wally Mendonça Menezes, reitor do IFCE.