PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Fortaleza terá novos drive-thru de vacina; governo vai contratar taxistas e ubers para levar idosos

Amanhã, 6, devem ser divulgados novos pontos de vacinação drive-thru em Fortaleza. Governador afirmou que estuda a possibilidade de a vacinação ocorrer durante 24 horas

17:53 | 05/02/2021
Vacinação de idosos no Centro de Eventos em Fortaleza (Foto: JÚLIO CAESAR)
Vacinação de idosos no Centro de Eventos em Fortaleza (Foto: JÚLIO CAESAR)

O governador Camilo Santana (PT) e o prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), informaram que taxistas e motoristas de aplicativo serão contratados para levar idosos para se vacinar em Fortaleza. O governador afirmou que é estudada a possibilidade de a vacinação ocorrer durante 24 horas. O objetivo é acelerar o processo de vacinação dos mais de 51 mil idosos com mais de 75 anos já cadastrados, além de ampliar o acesso para quem não possui veículo. 

As informações foram divulgadas em live nas redes sociais nesta sexta-feira, 5. Serão abertos novos postos de vacinação drive-thru. Neste sábado, 6, os locais serão divulgados. Idosos acima de 75 anos que tiverem como se deslocar até lá poderão ir diretamente. Os táxis e Ubers levarão quem não tiver como ir de carro.

Conforme o governador, os motoristas serão testados para Covid-19. "Vamos buscar esses idosos em casa, levar para o drive-thru e levar de volta", explicou. "Nossa meta é, chegando essa vacina, vamos distribuir para os municípios cearenses e vamos fazer toda a cobertura da população acima de 75 anos na Capital cearense", disse. Nesta sexta, 115 mil doces da vacina Coronavac chegarão ao Ceará. 

Segundo o prefeito, seria uma forma de evitar o trabalho de deslocar equipes de casa em casa, que leva mais tempo. "Vacinação domiciliar é muito boa mas leva mais tempo", afirmou. Serão implantados locais de vacinação em todas as seis macrorregiões de Fortaleza, conforme Sarto. Atualmente, são dois pontos de imunização no modelo drive-thru, um no Centro de Eventos e outro no Shopping Iguatemi. 

Na próxima semana, Governo do Estado deve anunciar medidas para setor de eventos, bares e restaurantes que, conforme o chefe do executivo estadual, têm sido os mais afetados com a pandemia no Ceará. Equipes do Governo e da Prefeitura têm dialogado com o setores para definir medidas de mitigação.