PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Vacina ainda é possível este ano apesar da interrupção dos testes, afirma AstraZeneca

Declaração foi dada pelo principal executivo da empresa, Pascal Soriot

08:45 | 10/09/2020
A  Rússia anunciou que a entrega do primeiro lote da vacina para Covid-19 "Sputnik V" está prevista para setembro (Foto: Divulgação)
A Rússia anunciou que a entrega do primeiro lote da vacina para Covid-19 "Sputnik V" está prevista para setembro (Foto: Divulgação)

O grupo farmacêutico britânico AstraZeneca afirmou nesta quinta-feira que a vacina contra a Covid-19 que está sendo desenvolvida em parceria com a Universidade de Oxford ainda pode estar disponível até o fim do ano, apesar da interrupção dos testes clínicos. Após efeito adverso em voluntário no Reino Unido, testes foram suspensos. 

 

"Nós ainda poderíamos ter uma vacina até o fim deste ano, no início do próximo", afirmou o principal executivo da empresa, Pascal Soriot, antes de explicar que tudo depende da rapidez com a qual as agências reguladoras autorizarão a retomada dos testes.