Participamos do

EUA retira autorização de emergência para o uso de hidroxicloroquina para Covid-19

A eficácia do uso de cloroquina contra a Covid-19 nunca foi demonstrada de forma eficaz
15:24 | Jun. 15, 2020
Autor AFP
Tipo Notícia

Os Estados Unidos retiraram a autorização de emergência de dois tratamentos para a Covid-19 defendidos pelo presidente Donald Trump, devido à falta de eficácia e preocupações com seus riscos"Não é mais razoável acreditar que as fórmulas orais HCQ (hidroxicloroquina) e CQ (cloroquina) são eficazes no tratamento da Covid-19", escreveu Denise Hinton, cientista chefe da Food and Drug Administration (FDA).

"Também não é razoável acreditar que os benefícios conhecidos e potenciais desses produtos excedem seus riscos conhecidos e potenciais", afirmou ao anunciar o fim do uso emergencial. A FDA havia dado luz verde em 30 de março para que esses tratamentos fossem prescritos, apenas em hospitais, a pacientes contaminados pelo novo coronavírus.

Donald Trump depositou grandes esperanças na hidroxicloroquina, cuja eficácia contra a Covid-19 nunca foi demonstrada com argumentos rigorosos. "Há uma boa chance de ter um grande impacto. Seria uma bênção se funcionasse", observou o magnata. Mais tarde, o próprio presidente republicano passou por tratamento preventivo com hidroxicloroquina por duas semanas.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Mas a FDA alertou em 25 de abril contra o uso dos dois medicamentos "fora de um hospital ou ensaio clínico devido ao risco de transtornos do ritmo cardíaco".

 


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar