PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Com 20%, Vila Pery registra menor taxa de isolamento social de Fortaleza; Capital tem média de 55%

As informações são de levantamento feito pela Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) de Fortaleza e expressam dados registrados até o dia 12 de maio

Alan Magno
07:45 | 14/05/2020
Apenas 21 bairros da capital atingiram a meta de 70% de isolamento (Foto: AMC)
Apenas 21 bairros da capital atingiram a meta de 70% de isolamento (Foto: AMC)

O bairro Vila Pery registrou o menor índice de isolamento social de Fortaleza. O bairro apresentou taxa de 20% de isolamento nesta quarta-feira, 13, enquanto a média registrada na Capital é de 55%. As informações são de levantamento feito pela Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) de Fortaleza e expressam dados registrados até o dia 12 de maio.

O levantamento mostrou ainda que cinco dias após a implementação de medidas mais rígidas de isolamento em Fortaleza, dos 119 bairros da Cidade, apenas 21 atingiram a meta de 70% proposta pelo governo municipal.

Em situação mais crítica, além da Vila Pery, com taxas abaixo de 40%, estão os bairros Bonsucesso (30%), Bom Jardim (32%), Mucuripe (34%), Carlito Pamplona (35%), Paupina (36%), Padre Andrade e Canindezinho (38%).

Os bairros Salinas e Luciano Cavalcante apresentam respectivamente 81% e 87% de isolamento, estando atrás apenas do bairro Jóquei Clube, que apresentou um isolamento total, com 100%, de acordo o levantamento.

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), comentou sobre as estatísticas em uma transmissão ao vivo por sua conta no Facebook na noite desta quarta-feira, 13. Ele comemorou o avanço do isolamento alcançado por algumas regiões, mas frisou ser importante que os demais bairros acompanhem a medida.

“É importante manter a mesma consciência e adesão ao isolamento até o dia 20, pelo menos, que é o fim do decreto”, pontuou o prefeito. Ele destacou que, com as medidas, um efeito positivo poderá ser presenciado ao longo das próximas semanas, caracterizado pela diminuição do surgimento de novos casos da doença.

A Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza (SMS) publicou um Boletim Epidemiológico nesta quarta, 13, em que expressava preocupação com aumento no número de mortes por coronavírus na Capital. Em média, 50 pessoas morreram pela infecção na última semana na Cidade. O informe mostra que há uma concentração de mortes nas regiões periféricas de Fortaleza, e que as regionais V e VI apresentam tendência de aumento no número de mortes nas próximas semanas.

O boletim da SMS destaca as regiões do Grande Pirambu, todos os bairros da Regional I, a Barra do Ceara-VilaVelha, Vicente Pinzon-Cais do Porto, São João do Tauape e arredores e o bairro Conjunto José Walter como áreas de grande concentração de pessoas e potencias centros com maior perspectiva de mortes pela Covid-19.

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >