PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Pacientes imunizados doam sangue para pesquisa sobre o novo coronavírus

Os cientistas devem analisar cerca de 2 mil remédios com potencial para combater o causador da Covid-19.

Ismia Kariny
14:27 | 11/05/2020
Antes da doação, é um feita uma triagem clínica por meio de coleta de sangue. A amostra é testada para anticorpos do coronavírus (Foto: BARBARA MOIRA)
Antes da doação, é um feita uma triagem clínica por meio de coleta de sangue. A amostra é testada para anticorpos do coronavírus (Foto: BARBARA MOIRA)

Cerca de 100 voluntários imunizados doam sangue para banco de material que estuda anticorpos resistentes ao novo coronavírus. A pesquisa, realizada pelo Instituto do Coração (Incor), pretende desenvolver uma vacina de combate microscópico seguro e duradouro contra o Sars-CoV-2. As informações são do Estado de S. Paulo

O desafio do estudo, feito em conjunto com a Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), é descobrir o mecanismo biológico da célula que seja capaz de impedir a entrada do vírus pelo tecido dos alvéolos pulmonares. O grupo coordenado pelo Incor opera para detectar anticorpos e linfócitos T, que são células de defesa do organismo.

Segundo a reportagem do Estado de S. Paulo, os pesquisadores das instituições destacam que a vacina deve ser desenvolvida no Brasil, como forma de evitar que o País fique dependente de descobertas externas e venha ter um acesso tardio a substância de imunização.

Leia também | Mais de 800 pesquisas para mapear coronavírus e encontrar uma vacina estão sendo desenvolvidas em universidades federais, diz associação

Para encontrar um fármaco que funcione contra o vírus, mas que seja seguro para o paciente, os cientistas devem analisar cerca de 2 mil remédios com potencial para combater o causador da Covid-19. Tudo isso cruzando dados fornecidos pelo sistema de computadores conhecido como Sírius, um projeto de quase R$ 2 bilhões, que concentra informações sobre medicamentos com maior possibilidade de enfrentar o vírus.