PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Bolsonaro desiste de churrasco no Palácio da Alvorada

Presidente havia anunciado convite para o evento e chegou a dizer que cerca de 3 mil pessoas estariam presentes no Alvorada

Wanderson Trindade
13:06 | 09/05/2020
Aliados de Bolsonaro disseram que não foi apresentada uma justificativa oficial para o cancelamento (Foto: Sergio LIMA / AFP)
Aliados de Bolsonaro disseram que não foi apresentada uma justificativa oficial para o cancelamento (Foto: Sergio LIMA / AFP)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) desistiu de promover o churrasco marcado para ocorre no Palácio da Alvorada. Em meio à pandemia do novo coronavírus, que já deixou 9.987 mortos no Brasil, o ex-capitão cancelou o evento neste sábado, 9.

Reservadamente à Folha de S. Paulo, aliados disseram que não foi apresentada uma justificativa oficial para o cancelamento. “Mas eles dizem acreditar que a grande repercussão negativa pesou para a decisão”, informou a publicação.

Pessoas próximas ao presidente chegaram a afirmar também que o convite para esse churrasco seria “fake” e que Bolsonaro o teria feito como forma de provocação. Nessa sexta, o presidente chegou a dizer que cerca de 3 mil pessoas estariam presentes no Alvorada para essa comemoração – mesmo diante das mortes provocadas pela pandemia.

"Está todo mundo convidado aqui, 800 pessoas no churrasco. Tem mais um pessoal de Águas Lindas (Goiás). Tem umas 900 pessoas para o churrasco amanhã. Tem 1.300 convidados. Quem estiver amanhã aqui a gente coloca para dentro. Vai dar mais ou menos 3 mil pessoas no churrasco amanhã", disse ele na ocasião.

No Twitter, Bolsonaro confirmou que o churrasco seria “fake” e não chegou a citar a crise na saúde pública no Brasil.

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >

TAGS: churrasco de bolsonaro, jair bolsonaro, palácio do alvorada, pandemia de covid-19, coronavírus, mortes por coronavírus, mortes por covid-19