PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

No Brasil, 199 pesquisas sobre Covid-19 já foram aprovadas pela Conep; duas no Ceará

As pesquisas cearenses avaliam o protocolo de tratamento da Covid-19 em relação ao uso da cloroquina e azitromicina em pacientes com pneumonia e também a gravidade clínica de Covid-19 entre pacientes soropositivos e soronegativos para HIV

Catalina Leite
13:58 | 08/05/2020
O pesquisadores se baseara em dados como taxa de infecção e gravidade dos sintomas em seis países: Canadá, China, Coreia do Sul, Itália, Japão, Singapura (Foto: Reprodução/Fiocruz imagens)
O pesquisadores se baseara em dados como taxa de infecção e gravidade dos sintomas em seis países: Canadá, China, Coreia do Sul, Itália, Japão, Singapura (Foto: Reprodução/Fiocruz imagens)

 

Até o fim de abril, a Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) aprovou 199 pesquisas relacionadas à Covid-19. No Brasil, todos os projetos de pesquisa de qualquer área do conhecimento devem ser encaminhados para aprovação da comissão antes de serem iniciados.

Os temas dos estudos são diversos e vão desde desenvolvimento de testes sorológicos, passando por análises da eficácia da hidroxicloroquina, até a avaliação da saúde mental de pacientes e de profissionais de saúde. O estado de São Paulo acumula o maior número de pesquisas (97), seguido do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul, com 19 aprovações cada.

O Ceará também entra na lista, com duas pesquisas aprovada pela Conep até o momento. Uma será realizada no Hospital São José de Doenças Infecciosas (HSJ) e foi intitulada “Avaliação de Protocolo de Tratamento Covid-19 com associação de cloroquina/hidroxicloroquina e azitromicina para pacientes com pneumonia”. Ela envolverá 300 participantes.

Já a segunda é responsabilidade do Instituto para o Desenvolvimento da Educação (Ipade), da Faculdade Christus. Intitulada “Análise da gravidade clínica de Covid-19 entre pacientes soropositivos (coinfectados) e soronegativos para HIV em um hospital de referência em infectologia de Fortaleza - CE”, a pesquisa terá 50 participantes.

LEIA MAIS | Para combater fake news, Anvisa esclarece pesquisas sobre covid-19

No total, são 37 ensaios clínicos - testes realizados em humanos após testes em laboratório - aprovados nacionalmente. São 16.637 participantes envolvidos em ensaios clínicos com cloroquina/hidroxicloroquina (15), uso de células tronco contra a Covid-19 (3), uso da nitazoxanida (2), uso do plasma convalescente (5) e testagens para vacina e outros tratamentos (12).