PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Estudo aponta que Brasil é país com maior taxa de transmissão de coronavírus

O levantamento também projeta mais de 5 mil óbitos no País em decorrência da doença na próxima semana

19:49 | 29/04/2020
Uso adequado de máscaras ajuda a diminuir a transmissão de coronavírus (Foto: JÚLIO CAESAR)
Uso adequado de máscaras ajuda a diminuir a transmissão de coronavírus (Foto: JÚLIO CAESAR)

Estudo realizado pelo Imperial College de Londres apontou o Brasil como o país com a maior taxa de transmissão de coronavírus no mundo. A instituição analisou 40 nações e identificou que a doença se reproduzia em maior velocidade em terras brasileiras. As informações são do jornal Folha de S. Paulo e equivalem a esta quarta-feira, 29.

De acordo com estimativas levantadas pela pesquisa, cada indivíduo infectado no Brasil transmite a patologia para cerca de 3 pessoas. O país, ainda segundo reportagem, faz “parte dos 9 entre os 48 países em que a infecção pelo coronavírus está em trajetória ascendente”, ficando ao lado de países como Canadá, Índia, Irlanda, México, Paquistão, Peru, Polônia e Rússia.

LEIA TAMBÉM | Brasil é segundo em novos casos e quarto em mortes por coronavírus em 24 horas

O levantamento também projeta mais de 5 mil óbitos em decorrência da doença para a próxima semana no Brasil, fazendo com que o país permaneça na categoria de risco “muito alto” da pesquisa, ao lado dos Estados Unidos. Também deve ocorrer um crescimento no contágios nos próximos dias, segundo o estudo.

Entre os 48 países estudados, Itália, França, Espanha e República Dominicana demostraram queda na transmissão do vírus. Alemanha, Portugal, Bélgica, Colômbia e EUA, de acordo com pesquisa, sãos os países que permanecem com o número de contágios “estabilizado” — o chamado platô. Até o dia 26 de abril, segundo reportagem, mais de 2,8 milhões de casos de Covid-19 haviam sido confirmados no mundo, com mais de 190 mil mortos.

Até o fim da tarde desta quarta-feira, 29, o Brasil somava 78.162 casos confirmados de coronavírus, com 5.466 mortes registradas.

 

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >