PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Instituto e empresa iniciam parceria para ajudar crianças e adolescentes com câncer

PicPay anuncia parceria com o Instituto Ronald Mcdonald, que cuida de crianças e adolescentes com câncer

Victor Hugo Pinheiro
15:59 | 27/04/2020
Crianças com câncer representam grupo de alto risco para o coronavírus (Foto: MAURI MELO/O POVO)
Crianças com câncer representam grupo de alto risco para o coronavírus (Foto: MAURI MELO/O POVO)

Como as crianças com câncer fazem parte do grupo de alto risco para o coronavírus (Covid-19), o Instituto Ronald Mcdonald iniciou uma parceria com a companhia de pagamentos PicPay, com a finalidade de arrecadar doações. A ajuda das pessoas pode ser feita pela central de doações criada pela plataforma de pagamentos. Com as contribuições, o Instituto vai viabilizar a compra de equipamentos como máscaras, luvas, proteção ocular, respiradores e termômetros digitais.

As doações também serão destinadas aos profissionais de saúde dos mais de 20 hospitais apoiados pelo Instituto Ronald Mcdonald, além de kits de higiene e cestas básicas para famílias dos pacientes com vulnerabilidade. Os interessados em doar devem baixar o aplicativo PicPay, selecionar a opção "pagar", abrir a aba "Store" e escolher o Instituto Ronald Mcdonald.

"Buscamos ser um meio facilitador para que nossos mais de 14 milhões de usuários possam realizar doações à distância pelo celular, em segundos e em segurança, sem sair de casa", ressalta Anderson Chamon, cofundador e diretor executivo de Tecnologia e Produto da fintech.

O superintendente do Instituto Ronald McDonald, Francisco Neves, revela o quanto é importante a ajuda da população para que  os pacientes de câncer tenham os equipamentos de proteção ao coronavírus. "O câncer é a doença que mais mata pessoas de 01 a 19 anos no Brasil. Com o novo cenário, o contexto é ainda mais incerto para nossas crianças, que estão no grupo de risco. Agora, mais do que nunca precisamos da ajuda da população. Doem, vamos juntos vencer o coronavírus".