PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Médicos oferecem atendimento por plataformas digitais gratuitamente

As pessoas interessadas em se consultar em plataformas devem fazer uma espécie de cadastro. Assim como os profissionais de saúde interessados em prestar serviço

IARA COSTA
19:50 | 22/04/2020
FORTALEZA-CE, BRASIL, 15-04-2020: Profissional de Saúde em janela do Hospital Leonardo Da Vinci em Fortaleza. Hospital está trabalhando exclusivamente com pacientes com coronavírus - Covid-19. ( Foto: Júlio Caesar / O Povo)
FORTALEZA-CE, BRASIL, 15-04-2020: Profissional de Saúde em janela do Hospital Leonardo Da Vinci em Fortaleza. Hospital está trabalhando exclusivamente com pacientes com coronavírus - Covid-19. ( Foto: Júlio Caesar / O Povo) (Foto: JÚLIO CAESAR)

O número de pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus no Brasil cresce e, junto a esse número, a quantidade de cidadãos com suspeitas também. Com a finalidade de evitar superlotações em hospitais e, consequentemente, a propagação da Covid-19, médicos têm se disponibilizado a fazer atendimentos por meio de plataformas digitais, como é o caso dos sites medicoonlinegratis.com.br e missaocovid.com.br . Ambos foram criados por profissionais de saúde e prestam o serviço de maneira gratuita.

O Médico Online Grátis existe desde 2016 e presta os mais diversos tipos de atendimento, mas restringiu recentemente suas consultas especialmente para pessoas com suspeitas do novo coronavírus, como explicou o médico e responsável pela plataforma, Márcio Pereira. “Nas últimas semanas houve um aumento considerável do número de dúvidas recebidas referentes a sintomas de infecção por Covid-19 e resolvemos criar uma área do site destinada ao atendimento gratuito desses pacientes”, contou.

O Missão Covid está no ar desde o dia 23 de março e de lá para cá já tem 900 médicos cadastrados, além de 30 mil consultas solicitadas, algumas já realizadas e outras em agendamento. A plataforma foi fundada pelos médicos Leandro Rubio, Raphael Brandão e pelos especialistas Carlos Franchi Junior e Cristiano Kanashiro, este em inovação digital.

Até o momento 10,8% dos pacientes atendidos pela Missão Covid foram encaminhados para unidades de saúde. Destes, 41,9% tinham a hipótese diagnóstica da Covid-19. “Obviamente que se o paciente apresentar sinais e sintomas que indiquem avaliação médica presencial, ele será orientado a ir ao hospital”, explicou Leandro Rubio.

As pessoas interessadas em se consultar em ambas as plataformas devem fazer uma espécie de cadastro. Assim como os profissionais de saúde interessados em prestar serviço. Estes, porém, devem preencher o pré-requisito de ter o cadastro no Conselho Regional de Medicina regularizado.

De acordo com a resolução de nº 2.227/18 do Conselho Federal de Medicina (CFM), médicos brasileiros podem realizar consultas online e telediagnóstico, entre outras formas de atendimento médico a distância.

Serviço:

 

Médico Online Grátis

Segunda a sábado: das 8h às 20h

Domingos e feriados: das 9h às 18h

E-mail: contato@medicoonlinegratis.com.br

www.facebook.com/medicoonlinegratis

Missão COVID

www.missaocovid.com.br

Instagram: @missaocovid