PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Hospital de campanha no PV está pronto e já começa a receber pacientes

Nesta sexta-feira está sendo realizada a limpeza e atendimento a pacientes começará no sábado, 18. Previsão de entrega era para a segunda-feira, 20

Flávia Oliveira
13:35 | 17/04/2020
Montagem de hospital no estádio Presidente Vargas para acolhimento dos infectados com o novo coronavírus (Foto: FCO FONTENELE)
Montagem de hospital no estádio Presidente Vargas para acolhimento dos infectados com o novo coronavírus (Foto: FCO FONTENELE)

O hospital de campanha que estava sendo construído desde o dia 23 de março no estádio Presidente Vargas vai ser entregue ainda neste sábado. O equipamento terá capacidade para 204 pacientes, podendo ampliar para até 306. Segundo Joana Maciel, titular da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), nesta sexta está sendo feita apenas a limpeza e retoques finais da instalação e, a partir de amanhã, os pacientes encaminhados pelas unidades básicas de saúde serão atendidos no local, que conta com toda a estrutura de um hospital de campanha, como respiradores, equipamentos e profissionais da área de saúde, contratados emergencialmente por uma organização social. Todos os leitos estão prontos para serem transformados em UTIs.

“Por isso que conseguimos fazer o processo de gestão hospitalar de forma tão ágil, por causa da empresa de gestão. Não estamos em situação de conforto, mas pelo menos essa é uma boa notícia. Todos os profissionais vão ter uma área específica de paramentação, para colocação e retirada de Equipamentos de Proteção Individual. Há bastante espaço no estádio e essa área terá monitoramento especial para evitar qualquer tipo de contaminação”, afirma. “Essas áreas separadas são essenciais para minimizar a infecção intranosocomial, que é a infecção dos profissionais de saúde, algo que vem acontecendo no mundo todo”, ressalta. 

“A Central de Regulação será responsável pela gestão desses leitos e deverá encaminhar pacientes que estão em UPAs e em hospitais que não são especializados para manejar pacientes com Covid, e a transferência será a partir de amanhã para o hospital de campanha", explica.

Para a instalação do hospital de campanha a Prefeitura investiu R$ 4 milhões. São 51 leitos de UTI na primeira entrega. Além dos leitos, o hospital contará com 17 enfermarias e farmácias. A contratação de profissionais deverá ser gerenciada pelas empresas terceirizadas responsáveis pela administração das unidades de saúde e serão requeridas paulatinamente, de acordo com a abertura de novos leitos. As contratações para os leitos em funcionamento já foram realizadas. 

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >