PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Pelo menos 25 municípios do Ceará têm barreiras sanitárias contra coronavírus

13:05 | 11/04/2020
Barreira na entrada  de Fortim
Barreira na entrada de Fortim (Foto: REPRODUÇÃO/FACEBOOK/PREFEITURA DE FORTIM)

Pelo menos 25 municípios do Estado decretaram ou estenderam barreiras sanitárias que visam controlar o fluxo de pessoas por causa da pandemia de Covid-19 no País.

A lista de onde há restrições inclui:

Alto Santo

Amontada

Aracati

Barroquinha

Beberibe

Ererê

Fortim

Guaramiranga

Icapuí

Ipu

Itarema

Itatira

Jijoca de Jericoacoara

Limoeiro do Norte

Mombaça

Mulungu

Palmácia

Paracuru

Paraipaba

Piquet Carneiro

São Gonçalo do Amarante

São Luís do Curu

Senador Pompeu

Trairi

Várzea Alegre

Limoeiro do Norte, que teve a primeira morte pela doença neste sábado, 11, tem barreira desde a sexta-feira, 10.

As regras variam conforme os decretos. Há municípios que proibiram por completo a entrada de turistas ou visitantes que não tenham residência no local. Há aqueles que exigem comprovação de parentesco com alguém que reside em uma dessas regiões. E há os que fazem inspeção sanitária para averiguar se quem chega teria algum cintoma.

Para o feriado da Semana Santa, nos 27 postos fixos do Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário Estadual (BPRE) e nos postos da Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz), nas divisas do Estado, profissionais verificaram veículos e orientaram a população quanto ao isolamento social. A ação foi adotada para evitar deslocamento entre municípios.

O Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-CE) já realizava videomonitoramento das rodovias estaduais por meio da Central Inteligente de Trânsito (CIT). Com a publicação do decreto estadual que suspendeu o funcionamento de estabelecimentos e adotou o isolamento, a medida passou a fiscalizar aglomerações. Segundo o Departamento, em ocorrências ou aglomerações, agentes do Detran ou da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) são acionados.

LEIA TAMBÉM | Homens e moradores do interior são os que mais negligenciaram medidas de quarentena

 

Veja onde há casos suspeitos, confirmados e mortes no Ceará: