PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Criança de dois anos é o primeiro caso de Covid-19 em Várzea Alegre; município tem dificuldades em diagnósticos

Criança apresentou melhora e está em isolamento domiciliar; enquanto esperam os resultados, moradores suspeitos não podem deixar o isolamento, o que causa angústia em familiares

11:59 | 10/04/2020

O secretário de saúde de Várzea Alegre, Ivo Leal, conversou a rádio O POVO/CBN na manhã desta sexta-feira, 10, sobre como o município cearense está lidando com a situação do coronavírus. O primeiro caso de Covid-19 na cidade, que fica a 440 km da Capital, foi de uma criança de dois anos de idade. 

A criança foi recebida em um hospital local, com todos os sintomas da doença. Logo, foi direcionada a um leito de isolamento, onde passou alguns dias e teve amostra coletada e direcionada para exames de comprovação em Fortaleza. A criança apresentou melhora e está, atualmente, em isolamento domiciliar continuando seu tratamento contra a doença e está sendo acompanhada pela pasta de saúde do município.

Segundo o secretário, o teleatendimento e consultas in loco por uma uma equipe volante estão sendo as formas de monitoramento de casos suspeitos na cidade, que notificou 12 casos suspeitos da doença. Os exames foram coletados e cinco casos foram descartados, enquanto outros sete aguardam resultado.

Ivo relatou dificuldades em relação aos resultados do exame, que é direcionado para a Capital. Enquanto esperam os resultados, os moradores suspeitos não podem deixar o isolamento domiciliar. "Temos dificuldades de enviar as amostras e há uma pressão tanto por parte da família do paciente quanto da população em querer a resposta mais rápida." O secretário afirma que um dos pacientes aguarda o resultado há 14 dias. De acordo o Ministério Público do Ceará (MPCE), alguns municípios do interior demoram até 19 dias para receber os resultados de testes de Covid-19.

Leia também | Sintomas demoram até 7 dias para aparecer; nesse período, assintomáticos transmitem para 76% dos casos confirmados.