PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Cientistas transformam estrutura do coronavírus em música para identificar pontos fracos do organismo

A partir da música, pesquisadores conseguem identificar espaços nas proteínas do vírus em que remédios ou anticorpos podem se ligar

Catalina Leite
11:46 | 08/04/2020

Cientistas do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos Estados Unidos, decidiram unir arte e ciência para avançar nos estudos sobre o Sars-Cov-2, coronavírus da doença Covid-19. Ao usar uma técnica chamada sonificação, os pesquisadores transformaram a estrutura do vírus em pura música.


Para entender como eles fizeram isso, é preciso lembrar das imagens do coronavírus: uma bola rodeada de espinhos de proteína, utilizados para invadir células animais. As proteínas são formadas por combinações de aminoácidos, e é neles que está a poesia da música.


Cada aminoácido recebeu uma nota da escala musical, convertendo as proteínas em uma partitura preliminar. A partir daí, os pesquisadores conseguiram criptografar a estrutura do Sars-Cov-2 em uma música suave e relaxante de quase duas horas. Ouça:


A partir das notas e instrumentos, os pesquisadores podem ouvir espaços nas proteínas nos quais anticorpos ou remédios podem se ligar. Segundo eles, o procedimento fica mais rápido e intuitivo comparado aos métodos convencionais usados para estudar proteínas, como modelagem molecular. A pesquisa foi publicada na revista científica Science na última sexta-feira, 4.