PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Putin, presidente da Rússia, vai trabalhar de casa após contato com médico diagnosticado com Covid-19

A decisão vem um dia após anúncio de que o médico responsável pelo principal hospital de Moscou para o tratamento da Covid-19, Denis Protsenko, foi infectado pelo novo coronavírus

09:47 | 01/04/2020
Vladimir Putin  (Foto: ALEXEY DRUZHININ / AFP )
Vladimir Putin (Foto: ALEXEY DRUZHININ / AFP )

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, vai trabalhar de casa devido ao avanço da pandemia de coronavírus no país, informou o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, nesta quarta-feira, 1º. A decisão vem um dia após anúncio de que o médico responsável pelo principal hospital de Moscou para o tratamento da Covid-19, Denis Protsenko, foi infectado pelo novo coronavírus. Os dois tiveram contato uma semana antes.

As informações são do portal G1.

"O presidente prefere, nos próximos dias, fazer tudo por home office", disse Peskov, a poucos minutos de uma reunião entre Putin e seu gabinete, que agora será realizada por videoconferência. "Tomamos todas as medidas de precaução."

Denis Protsenko, chefe do hospital de Moscou, disse não ter sintomas preocupantes. Ele recebeu Putin, que tem 67 anos, no dia 24 de março, durante uma visita. "Todo mundo que esteve com o presidente no hospital é submetido diariamente a testes de coronavírus", disse Peskov, que, ontem, garantiu que os testes do presidente eram "normais".

Na Rússia, 24 pessoas morreram por conta da Covid-19 e há mais de 2,7 mil casos de contágio no país. Desde a última segunda-feira, 30, metade da população está confinada para impedir disseminação.