PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Saiba como cuidar de alimentos e roupas para prevenir contaminação pelo coronavírus

Dica principal é sempre lavar as mãos antes de manusear qualquer objeto

13:07 | 26/03/2020
Comidas devem ter cuidados especiais tanto em seu preparo quanto em seu consumo (Foto: Thais Mesquita)
Comidas devem ter cuidados especiais tanto em seu preparo quanto em seu consumo (Foto: Thais Mesquita)

Em casa, o ritmo de isolamento segue por causa da pandemia do coronavírus. Após os governos executarem decretos para que as pessoas fiquem em casa, diversos cuidados diários devem ser mantidos pelos moradores. Isso inclui itens como roupas e alimentos com o quais entramos em contato todos os dias. O POVO responde algumas perguntas sobre a transmissão da doença nessas superfícies: 

DEVO LAVAR AS MÃOS ANTES DE TOCAR NOS OBJETOS?
Sim.
A principal recomendação da OMS é de sempre quando possível higienizar suas mãos com água e sabão ou álcool em gel.

DEVO TER CUIDADO COM ROUPAS QUE USEI NA RUA?
Sim. Se você precisou sair para ir ao supermercado, um dos poucos estabelecimentos abertos na cidade, por exemplo, tire a roupa e a coloque para lavar assim que chegar em casa e não a misture com roupas limpas. Também tome um banho.

ÁGUA E SABÃO BASTAM PARA LAVAGEM DAS ROUPAS?
Sim.
É suficiente para matar o vírus, considerado como respiratório pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

ROUPAS DE UMA PESSOA DOENTE PODEM SER LAVADAS JUNTAS DE OUTRAS PEÇAS?
Não. As roupas de uma pessoa com Covid-19 devem ser colocadas em um saco plástico e lavadas separadamente de outras peças da casa.

ALIMENTOS PODEM TRANSMITIR CORONAVÍRUS?
Não. Até o momento, não há qualquer evidência comprovada de que os alimentos ou embalagens de alimentos possam transmitir, por si só, o vírus. O que acontece é a possibilidade de contaminação através de contato com mãos e superfícies contaminadas.

LEIA MAIS: Saiba sobre mitos e verdades da transmissão do coronavírus

O QUE DEVE SER LIMPO NA COZINHA?
Segundo estudo do Centro de Pesquisa em Alimentos da Universidade de São Paulo (USP), bancadas, pias, louças e outros utensílios sempre devem estar limpos e sem resíduos de alimentos. Evite a contaminação cruzada dos alimentos, ou seja, transferir bactérias de alimentos contaminados para alimentos não contaminados. 

COMO DEVO CUIDAR DOS ALIMENTOS?
No caso de alimentos crus, como vegetais folhosos, a recomendação do estudo é a remoção de folhas externas ou danificadas, lavá-las separadamente com água abundante e deixá-las em imersão, por 15 minutos, em duas colheres de água sanitária diluídas em um litro de água. Logo após, lave-as com água corrente novamente.

Alimentos tratados pelo calor, quando feitos corretamente, eliminam os vírus. No entanto é preciso evitar a recontaminação depois do aquecimento, principalmente se o alimento não for reaquecido antes de ser consumido.

E COM REFEIÇÕES FORNECIDAS POR DELIVERY?
Dê preferência, sempre que possível, a embalagens de papelão. O que se sabe até agora é que o vírus resiste por mais tempo em embalagens de plástico e metal do que de papel, segundo o estudo da USP. Também fique atento ao tempo de entrega. Se passar de uma hora, por exemplo, pode haver multiplicação de outros micro-organismos.

Pagamentos remotos também são preferíveis nesses tempos de pandemia. Se precisar manusear máquinas de pagamento com cartões, lave imediatamente sua mão após o contato. É preferível que não se armazene refeições prontas para consumo fornecidas por entrega domiciliar. Se for necessário mantê-las, as refrigere por, no máximo, 24 horas.