PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Saiba como usar o WhatsApp no combate ao coronavírus

Aplicativo se tornou alternativa para atendimentos e contato com pessoas próximas, mas sem estar fisicamente juntos

10:21 | 23/03/2020
Robô criado pela OMS ajuda a combater notícias falsas sobre o coronavírus (Foto: Organização Mundial da Saúde)
Robô criado pela OMS ajuda a combater notícias falsas sobre o coronavírus (Foto: Organização Mundial da Saúde)

Diante das diversas desinformações em tempos de pandemia, a tecnologia se une para combater o novo coronavírus. Dentre as principais plataformas utilizadas pelas organizações mundiais de saúde, o WhatsApp está entre elas devido à sua disseminação de mensagens instantâneas. Saiba como utilizar o aplicativo para se manter informado sobre o novo coronavírus:

O WhatsApp destinou uma aba especial em seu site para tratar a doença. A empresa destina algumas maneiras corretas de usar o aplicativo diante da epidemia, como não espalhar notícias falsas e utilizar os recursos do aplicativo como grupos e chamadas de voz e vídeo para se manter conectado e dar apoio às pessoas importantes.

Em parceria com a empresa, a Organização Mundial de Saúde (OMS) criou um robô no WhatsApp que dissemina informações verificadas e confiáveis sobre o novo coronavírus. O serviço, por enquanto disponível apenas em inglês, possibilita que os usuários do aplicativo obtenham desde dicas de prevenção a respostas às perguntas mais comuns sobre o Covid-19. A ideia é disponibilizá-lo, futuramente, em outros idiomas.

Doações a instituições que estão atuando no combate à doença também podem ser feitas por meio do chatbot. Para utilizá-lo, o número 41 79 893 18 92 deve ser adicionado na lista de contatos do usuário. Após isso, envie uma mensagem para acessar o menu de opções do chatbot, que traz dados como os números mais recentes da doença e identificações de contágio, além de links diretos para coletivas de imprensa da Organização.

SAIBA COMO UTILIZAR O APLICATIVO FAVORAVELMENTE PARA O COMBATE AO CORONAVÍRUS

Mantenha o contato virtual

Apesar da distância física, é importante manter contato com parentes e amigos para espalhar a sensação de coletividade. Recursos como grupos e chamadas de voz e vídeo podem mantê-lo conectado às pessoas que você ama.

Escolha fontes confiáveis

Entre em contato com organizações locais, nacionais e internacionais para se informar sobre a doença. Além do robô criado pela OMS, o Ministério da Saúde já disponibilizava anteriormente um número no WhatsApp para envio de mensagens a população. Qualquer cidadão pode enviar alguma mensagem ou imagem suspeita que tenha recebido nas redes sociais para confirmar se a informação procede. O número é (61) 99289-4640 e pode ser adicionado para receber as mensagens da pasta. 

Cheque as informações antes de disseminá-las 

Confirme com a imprensa e outras instituições as informações que você receber. O aplicativo também disponibiliza verificadores de fatos para cada país tirar suas dúvidas sobre o conteúdo recebido. O selo de mensagem encaminhada, que costuma aparecer em mensagens que foram enviadas massivamente para usuários, também sinaliza o conteúdo.

Crie um perfil profissional no aplicativo destinado a atendimentos de serviços

Durante o isolamento social, uma das melhores formas de manter sua empresa ativa no mercado ou de compartilhar informações úteis sobre a doença é exibir seus serviços por meio do WhatsApp Bussiness, destinado para a criação de perfis comerciais. Para empresas, é possível organizá-lo de forma a avisar seus clientes sobre o horário de funcionamento da empresa, atualização de estoque de produtos, atendimentos virtuais dentre outros.

Profissionais de saúde também podem utilizar o WhatsApp Bussiness para disseminar informações confiáveis sobre o novo coronavírus. Recomendações úteis, manter contato com os pacientes e compartilhar informações via lista de transmissão são algumas das ferramentas disponíveis que podem ajudar no combate a doença de forma coletiva, mas sem estar junto fisicamente.