PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Shoppings em Fortaleza reduzem horário de funcionamento devido a coronavírus

Medida é tomada após recomendação da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce). Empreendimentos funcionam de meio-dia até 20 horas, a partir desta quarta-feira,18

Gabriela Almeida
19:10 | 17/03/2020
Os shoppings terão horário de funcionamento diferenciado como forma de prevenção (Foto: Thais Mesquita)
Os shoppings terão horário de funcionamento diferenciado como forma de prevenção (Foto: Thais Mesquita)

Shoppings de Fortaleza reduzem horário de funcionamento devido ao risco de contaminação pelo novo coronavírus, a Covid-19. Empreendimentos seguem recomendação da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) e funcionam, a partir desta quarta-feira,18, de meio-dia até 20 horas.

No último boletim divulgado pela Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), nesta terça-feira,17, o Estado tinha confirmado 11 casos e 159 suspeitos. Em sua página oficial do Facebook, o prefeito de Sobral, Ivo Gomes, confirmou nesta terça uma infecção no município, mas caso não foi contabilizado pela Sesa. Os três primeiros pacientes do Ceará foram confirmados ainda no último domingo, 15. 

Confira shoppings que vão adotar a medida: 

Benfica:

O shopping adere recomendação para todas as lojas, quiosques, box, praça de alimentação e espaços de entretenimento. De acordo com empreendimento, a vigência será por “tempo indeterminado”, até que os “órgãos de saúde avaliem a situação como segura para todos”. Como forma de prevenção contra a Covid-19, espaço também adere medidas como aumento dos pontos de álcool em gel 70%, campanha de orientação sobre higiene e intensificação da limpeza nas áreas.

Del Paseo:

Lojas, praça de alimentação e o Park & Games do shopping estarão funcionando das 12 às 20h. Já o Mercadinhos São Luiz funciona das 7 às 22h, o cinema das 13 às 20h e o estacionamento da 7 às 22h. Outras medidas de prevenção, como cancelamento de eventos e higienização dos espaços, também serão tomadas. Empreendimento não definiu data de retorno ao horário normal.

RioMar Fortaleza e RioMar Kennedy:

Seguindo a recomendação da Abrasce, shoppings funcionam das 12 às 20h, mas as atividades “consideradas essenciais”, como: supermercados, farmácias, clínicas de vacina e de diagnósticos continuam funcionando no horário normal. Eventos de grandes proporções serão cancelados e medidas como orientações de prevenção e distribuição de álcool em gel nos espaços, também serão tomadas.

Grand Shopping:

O empreendimento opera no horário recomendado pelos próximos 15 dias, a contar desta quarta-feira,18. Shopping realiza também campanhas de conscientização e medidas de prevenção aos colaboradores, disponibilizando pontos com álcool em gel, intensificando limpeza nas áreas e criando um comitê para acompanhar orientações de órgãos competentes acerca de medidas contra a patologia.

Iguatemi:

O shopping acatou recomendação reafirmando “compromisso com a segurança e com o bem-estar” de “clientes, funcionários e fornecedores”, reduzindo horário a partir desta quarta-feira,18, até o dia primeiro de abril. Entre outras medidas tomadas, estão: a redução de mesas e cadeiras da praça de alimentação, ampliando o distanciamento entre elas, a disponibilização de álcool gel 70% nos espaços e a suspensão temporária de empréstimos de cadeiras de rodas e carrinhos de bebê.

Shoppings da rede Ancar Ivanhoe:

North Shopping Fortaleza, North Shopping Jóquei, North Shopping Maracanaú e Via Sul Shopping, também adotam horário recomendado. Os lojistas dos empreendimentos, no entanto, podem abrir suas lojas em horários “flexibilizados”, decidindo de maneira individual. A iniciativa, de acordo com empreendimento, tem como objetivo “reduzir a circulação de pessoas sem, todavia, paralisar totalmente as atividades econômicas”. Também serão tomadas ações como novos pontos de álcool Gel, campanhas de conscientização e "cuidados redobrados com a limpeza de áreas no espaço".

Parangaba:

Além de adotar medida, shopping também informa que vai intensificar ações de higienização dos espaços públicos e reforçar os pontos de uso de álcool em gel nas praças de alimentação e em espaços próximos aos banheiros, com o intuito de "zelar pelo bem-estar de todos". Empreendimento aponta ainda que redução de horário é por "tempo indeterminado".