PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Na Bahia, 16 são monitorados após contato com empresário com coronavírus que fugiu de isolamento

Homem desrespeitou isolamento e pegou jatinho de São Paulo para Trancoso, na Bahia; esposa, amiga e cozinheiro estão infectados

20:25 | 17/03/2020
O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China (Foto: Arquivo)
O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China (Foto: Arquivo)

O empresário cearense infectado com o novo coronavírus e que viajou à Bahia, mesmo sob recomendação médica de ficar em isolamento domiciliar, esteve com 16 pessoas em Trancoso, no litoral de Porto Seguro, Sul da Bahia, onde possui casa de veraneio. O grupo está sendo monitorado. O empresário foi diagnosticado em São Paulo.  

Segundo informou nesta terça-feira (17) a Prefeitura de Porto Seguro, essas pessoas, que são funcionários e amigos do empresário, já fizeram exames para verificar se estão com a Covid-19 e aguardam a divulgação dos resultados. Todos estão em isolamento.

O 10º caso confirmado da doença foi o de um caseiro do empresário. Nesta terça-feira, mais duas das pessoas que estiveram com o empresário deram positivo no resultado dos exames. São duas mulheres: uma delas, de 44 anos, é a esposa do empresário; a outra, uma amiga de 42 anos que mora em Fortaleza (CE) e foi a Trancoso a passeio.

O empresário foi testado para coronavírus em São Paulo, mas dias depois pegou um jatinho particular e viajou para Trancoso com familiares a amigos. Por conta disso, o governador da Bahia, Rui Costa, ameaça de processá-lo criminalmente, conforme anunciou nesta segunda (16).

Prado

Na Bahia, são treze casos confirmados da doença. O 13º caso é de Prado, no Extremo-Sul do estado. Segundo a Prefeitura, o infectado é um suíço que tem irmão residente na cidade e chegou recentemente da Europa.

Ele também está em isolamento domiciliar e outras três pessoas da família são monitoradas. Segundo a Prefeitura, o suíço esteve no evento Prado Moto Rock, que costuma reunir milhares de pessoas na cidade. Contudo ainda não há mais casos suspeitos a serem investigados na cidade.

Juazeiro decreta emergência

O prefeito de Juazeiro, Paulo Bomfim (PCdoB), anunciou um decreto de situação de emergência na Saúde e novas medidas de prevenção contra o novo coronavírus e H1N1, nesta terça-feira (17), durante entrevista coletiva.

Ao lado da secretária Fabíola Ribeiro (Sesau) e do procurador Eduardo Fernandes (PGM), o gestor municipal assinou o decreto que terá validade até o dia 31 de março, podendo ser prorrogado por mais tempo.

A situação de emergência na saúde do município prevê foco total nas ações preventivas, além de prioridade no atendimento e acompanhamento dos casos notificados com suspeitas da Covid-19 ou do H1N1.

Nesse período, também ficam suspensas as férias dos servidores da Sesau para que a equipe não seja desfalcada. As aulas da rede municipal de ensino, que estavam suspensas até a próxima sexta-feira, 20, assim como as demais medidas do decreto anterior, também foram prorrogadas até o dia 31 de março.

“Tenho me reunido diariamente com a nossa equipe técnica de saúde, discutindo todo o cenário que se instalou no mundo e no Brasil por conta da propagação do coronavírus. Por isso, estamos adotando mais essas medidas, que são necessárias para diminuirmos o risco de um surto no município”, disse Paulo Bomfim.

Dados atualizados pela Secretaria Municipal da Saúde até esta terça-feira (17) apontam que, em relação ao coronavírus em Juazeiro, existem 4 casos suspeitos, 2 casos descartados e 2 em investigação. Já de H1N1 foram notificados 26 casos - 15 estão em investigação, 5 foram confirmados e houve 1 óbito.

“A realidade é que hoje temos em nossa cidade duas situações importantes que se sobrepõem. Mesmo ainda não tendo nenhum caso da Covid-19, estamos atentos”, disse a secretária Fabíola Ribeiro.

“Quanto ao H1N1, existe a vacina e a campanha inicia na próxima semana, mas estamos passando por um momento delicado. Por isso é que se faz necessário todo esse conjunto de medidas efetivas para reduzirmos a proliferação. E isso está sendo feito com atitude e prevenção”, completou.

Entre outras medidas decretadas em âmbito municipal estão: entrega do kit de merendas para os alunos das creches; dispensa dos servidores acima de 60 anos e gestantes; suspensão dos programas de convivência de idosos e de crianças, realizados pela Sedes; reagendamentos da Casa do Bolsa Família; Restaurantes Populares servirão os alimentos em quentinhas e talheres descartáveis; suspensão do Festival de Teatro Wellington Monteclaro 2020 e dos Espetáculos Sacros apoiados pela Secult.

Do Correio 24 horas para Rede Nordeste