PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Diocese do Crato cancela atos litúrgicos em prevenção ao coronavírus; festa de Padre Cícero também é afetada

Izadora Paula
16:03 | 17/03/2020
Festa de 176 anos de Padre Cícero ocorre dia 24 de março (Foto: Fabio Lima)
Festa de 176 anos de Padre Cícero ocorre dia 24 de março (Foto: Fabio Lima)

Obedecendo ao Decreto Estadual que proíbe eventos com mais de 100 pessoas em prevenção ao contágio do novo coronavírus (covid-19), a Diocese do Crato lançou nota nesta terça-feira, 17, onde informa que todos os atos litúrgicos serão suspensos para evitar aglomeração de pessoas. A decisão cancela a festa de 176 anos de Padre Cícero, que deveria ocorrer no dia 24 de março, bem como outras romarias previstas.

Conforme a nota, os cancelamentos se dão, também, pela velocidade do avanço de contaminação desse vírus, além do grave perigo de contaminação, em se tratando de aglomeração de pessoas". As orientações entram em vigor já nesta quarta-feira, 18.

Estão suspensos todos os atos litúrgicos, entre eles procissões, romarias, novenas, vias-sacras; e eventos formativos, como reuniões da catequese e encontros pastorais. Além disso, haverá o oferecimento de mais horários de missas para evitar o agrupamento de fiéis.

Entre as recomendações encontram-se também: manter as igrejas abertas para oração pessoal, silenciosa e exposição do Santíssimo Sacramento; rezar missa na intenção dos doentes, agentes de saúde e demais cuidadores; na oração dos fiéis, rogar ao Senhor pela superação do Covid-19; e suspender os mutirões de confissões nas paróquias. Os sacerdotes, no entanto, permaneçam disponíveis para acolher aqueles que buscam o sacramento da reconciliação neste tempo quaresmal.

Os sacerdotes também foram orientados a oferecer álcool em gel na entrada das igrejas.

Aos fiéis, as orientações são de acompanhar as missas pelos meios de comunicação da diocese e das paróquias. Idosos e enfermos ficaram "desobrigados" do compromisso de participar das missas dominicais. "Fiquem em casa, rezem com os seus familiares e fortaleçam a Igreja doméstica".

Aqueles que ainda participarem das missas e outras orações, devem manter distância "prudente" um do outro e evitar aglomerações devido ao risco de contágio.

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >