PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Após 580 dias preso, Lula deixa carceragem da PF em Curitiba

A saída do ex-presidente da prisão é acompanhada por centenas de pessoas, que realizam vigília na frente da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba

17:42 | 08/11/2019
(Foto: HENRY MILLEO / AFP)

Após 580 dias preso, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deixou a carceragem da Polícia Federal em Curitiba, acompanhado pelo advogado Cristiano Zanin.

 

Leia também:

Juiz determina saída de Lula da prisão após decisão do STF

Veja decisão do juiz que mandou libertar Lula nesta sexta

A saída do ex-presidente da prisão foi acompanhada por centenas de pessoas, que realizam vigília na frente da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

A soltura do presidente ocorre horas após o Supremo Tribunal Federal (STF) decidir pela ilegalidade da execução provisória de pena após condenação em 1ª instância. Lula está preso desde abril do ano passado.

Na decisão que determinou a soltura, Danilo Pereira Júnior destaca "ausência de fundamento para o prosseguimento da presente execução penal provisória, impondo-se a interrupção do cumprimento da pena privativa de liberdade".