PUBLICIDADE
Notícias

Crianças se espalham pelas programações infantis do Festival Vida&Arte

A programação infantil foi intensa nos quatro dias de Festival Vida & Arte. Desde brincadeiras a práticas de ioga, passando por apresentações infantis. Não faltou atividade para meninos e meninas

18:48 | 24/06/2018
NULL
NULL
[FOTO1] 
As crianças não paravam quietas. Foi só um bichinho repleto de penas azuis começar a dar as primeiras palavras para aquele caos se transformar em atenção e empolgação. Amada por mães e pais ensandecidos com o não parar quieto das crianças - ela, tal feitiço, consegue facilmente capturar a atenção dos pequenos - a "Galinha Pintadinha" se apresentou no palco Sérvulo Esmeraldo, na programação do Festival Vida & Arte, no fim da manhã deste domingo, 24. Logo em seguida, foi a fez do Pintinho Amarelinho e da Ladybug, a prender a atenção de meninas e meninos dentro das atrações para o público infantil

 
Aos dois anos, Mário Fraga estava buliçoso até o bichinho de penas azuis subir ao palco - para o alívio da prestadora de serviços, Fátima Fraga, 35. “A programação deixa a gente bem à vontade”, conta. Para crianças maiores, até os pré-adolescentes, a heroína Ladybug lutou contra a vilã Cat Noir. “Se eu soubesse que era tão bom, teria vindo os outros dias”, lamenta a dona de casa Marilza Soares, 39, mãe da Thaís, 11, e da Letícia, 6.

[FOTO2] 
Pré-adolescentes e crianças também são convidados para treinar a flexibilidade. No espaço Bárbara de Alencar, um círculo juntava os pequenos ao redor da instrutora Anabela Alcântara. Ela chamava o nome de cada criança e convidava a fazer a posição de barco (levantando as duas pernas), postura vac (de quatro, alongando as costas para cima), posição gato (agora, retraindo as costas para baixo). A dona de casa Fernanda Ferreira, 35, adorou que a filha Amanda Evely, 9, fizesse as aulas. “A mais velha, de 13 anos, ficou com vergonha, mas doida pra fazer a aula”, entrega a mãe.

TAGS