PUBLICIDADE
Notícias

Edisca e Bcad estão na programação de dança do Festival Vida&Arte

10:15 | 28/05/2018
NULL
NULL
[FOTO1]

A programação de dança encontra-se representada no Festival Vida&Arte pela presença de diversos grupos e companhias locais.

Além do coreógrafo Flávio Sampaio com sua Paracuru Cia. de Dança, o evento contará ainda com atrações como o espetáculo Religare (2015), da Escola de Desenvolvimento e Integração Social para Criança e Adolescente (Edisca), com coreografia assinada em conjunto por Dora Andrade e Gilano Andrade.


O Grupo Bailarinos de Cristo Amor e Doações (Bcad), fundado em 1994 pela professora e coreógrafa Janne Ruth, também irá participar do evento, apresentando o espetáculo O Quinze – A Escassez da Alma. Coreografado pelo carioca Gleidson Vigne (diretor da Nimo Cia. de Dança), a montagem tem como referência o fato histórico da “pior seca de todas as décadas”, que serviu de base para o livro homônimo da escritora cearense Rachel de Queiroz, lançado em 1930. Janne Ruth e sua equipe também estarão no Festival Vida&Arte ministrando uma oficina de ballet contemporâneo para crianças.


Já Norval Batista Cruz terá um momento na programação reservado à Dança Afro – Diáspora e Consciência Corporal. Na ocasião, o pesquisador, e naturista baiano irá conscientizar os participantes quanto ao seu chamado ‘fazer corporal’, transitando por seus sentimentos e emoções. O teatro de rua do Grupo Garajal, de Maracanaú (Região Metropolitana), trará Bom é o que acaba bem.


Montagem comemorativa dos 15 anos da trupe, o espetáculo - dirigido por Edivaldo Batista – é ambientado no início do século XVII, tendo uma personagem mulher como protagonista (Helena) e como referência uma das chamadas “comédias sombrias” ou “peças problema” do dramaturgo inglês William Shakespeare (1564-1616).

Ainda na parte de oficinas, o evento irá destacar oficinas com mais dois professores: Johnatta Costa e Felipe Souza. (TM)

TAGS