PUBLICIDADE
Exposições e Cursos
Cinema

Caixa Cultural recebe mostra de filmes de Pedro Almódovar

A obra e a história do cineasta espanhol Pedro Almodóvar será homenageada em uma mostra com 22 filmes na Caixa Cultural Fortaleza

04:00 | 08/05/2018

Foto: Divulgação

Um homem que cresce sob a ditadura, mas que tem como marca de trabalho a liberdade. A repressão do regime franquista na Espanha (1936 - 1975) torna-se combustível para Pedro Almodóvar, cineasta que aos 68 anos discute e levanta o desejo, em suas mais diversas formas, nas telas de cinema. É esta experiência que a Caixa Cultural recebe, a partir de hoje na mostra El Deseo - O Apaixonante Cinema de Pedro Almodóvar, que reúne 20 filmes do cineasta e dois documentários sobre a sua vida e obra. A programação segue até domingo, 13.

“A ideia era mostrar pros fãs e estudantes de Cinema, como Almodóvar foi mudando com o tempo”, explica o jornalista Breno Lira, que junto com Silvia Oroz assina a curadoria da mostra. El Deseo foi a público pela primeira vez em 2011, no Rio de Janeiro. Desde então, o cineasta, sempre ativo, já lançou três filmes e trabalha em um quarto, previsto para estrear em 2019 e que Breno arrisca ter sido escrito na casa de Caetano Veloso, repetindo o feito no filme Tudo sobre Minha Mãe. “Pra mim, como curador, ele estar em constante produção é fantástico”, alegra-se. “A cada vez que ele produz a mostra fica com ar de novidade”.

O curador conta que o nome da mostra surgiu da tentativa de resumir a obra do cineasta. “Eu disse para a Silvia que o melhor nome era da própria produtora dele”, explica, referindo-se a El Deseo, empresa fundada por Pedro Almodóvar e seu irmão Agustín. O próprio cineasta já falou em entrevistas que “o desejo” é um traço que está presente em todas as suas obras.

Na mostra, Breno afirma que o público poderá entender melhor o espírito libertário de Almodóvar e as mudanças que ele sofre com o tempo. “Eu acho que quando era mais jovem ele tinha essa coisa mais extrema”, explica, “mas hoje ele é um homem de mais de sessenta anos, já viu o que funcionou e o que não funcionou. Talvez não coloque mais o dedo, mas ele aponta a ferida.”

Famoso por tratar de temas do universo LGBT, trazendo personagens transexuais em seus filmes, o diretor já recebeu diversas críticas por ter usado atrizes mulheres cis (que se identificam com o gênero designado quando nasceram) para interpretar trans. “O Almodóvar sempre pensou fora do quadrado”, defende Breno. “Pessoas como as travestis e as transexuais dos filmes dele são pessoas como outras qualquer que precisam de cuidado, carinho e respeito.”

Quando pensa na importância da obra do cineasta, ele não esconde: “Eu acho que as histórias dele conseguem ser de uma forma que eu gostaria de ser. Eu gostaria de ser mais libertário e não me preocupar com o que os outros pensam. Ele consegue colocar coisas que no fundo a gente gostaria de fazer.”

Além de compor a programação, as obras de Almodóvar também serão tema de debates e masterclass na Caixa Cultural. Hoje, a partir das 19h15min, os curadores estarão ao lado da diretora e roteirista Janaína Marques e o ator Denis Lacerda, do coletivo As Travestidas, para um debate sobre o Cinema de Almodóvar. As senhas para esse espaço serão distribuídas a partir das 16 horas. Já na manhã de sábado, 12, a partir das 10h30min, a curadora Silvia Oroz vai relacionar a obra do cineasta com o gênero melodrama em uma masterclass com senhas distribuídas a partir das 10 horas. As duas atividades são gratuitas, enquanto os ingressos para os filmes custam R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia).

Mostra El Deseo - O Apaixonante Cinema de Almodóvar

Quando: de hoje, 8, a domingo, 13 de maio

Onde: Caixa Cultural Fortaleza (avenida Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema)

Quanto: R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia)

Outras informações: (85) 3453 2770

SELEÇÃO DO CURADOR

PEPI, LUCI, BOM E OUTRAS GAROTAS DE MONTÃO

O longa de 1985 é o primeiro de Almódovar. Com influências do mundo punk, o filme é uma boa demonstração deste “espírito jovem” do cineasta.

A LEI DO DESEJO

O drama de 1987 foi o primeiro do cineasta a ganhar grande reconhecimento da crítica e do público. Será exibido no sábado, 12, às 20h30min.

 

TUDO SOBRE MINHA MÃE

Lançado em 1999, o longa é um drama sobre uma mãe de luto que segue para Barcelona para dar a notícia da morte do filho para o pai. Será exibido às 19h30min do domingo, 13.

 

Confira a programação completa:

Terça-feira, 8

14h30min - Pepi, Luci, Bom e Outras Garotas de Montão16h10min - Labirinto de Paixões18h10min - Documentário: Tudo Sobre o Desejo: O Apaixonante Cinema de Pedro Almodóvar19h15min - Debate: O Cinema de Pedro Almodóvar. Participantes: Silvia Oroz e Breno Lira Gomes, curadores; Janaína Marques, diretora e roteirista, e Denis Lacerda, do coletivo artístico As Travestidas.

Quarta-feira, 9

13h30min - Que Fiz Pra Merece Isso?

15h30min - Abraços Partidos

18 horas - A Flor do Meu Segredo

20 horas - Fale com Ela

Quinta-feira, 10

14h30min - Má Educação

16h30min - Carne Trêmula

18h30min - De Salto Alto

Sexta-feira, 11

14 horas - Amantes Passageiros

15h50min - Maus Hábitos

18 horas - Kika

20h15min - Mulheres à Beira de Um Ataque de Nervos

Sábado, 12

10 horas - Masterclass: Pedro Almodóvar e o Melodrama. Ministrado por Silvia Oroz

14 horas - Matador

16 horas - A Pele que Habito

18h30min - Ata-me!

20h30min - A Lei do Desejo

Domingo, 13

14 horas - Volver

16h15min - Julieta

18h15min - Documentário: Filmes Que Marcaram Época - Tudo Sobre a Minha Mãe

19h30min - Tudo Sobre a Minha Mãe

IURY FIGUEIREDO