Participamos do

Após morte de Paulo Vaz, Pedro HMC afirma que ficará afastado da web

O influencer era policial civil e também ficou conhecido por ser um dos poucos homens trans que trabalhavam na polícia. A causa da morte de Paulo não foi divulgada
17:17 | Mar. 20, 2022
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Após a morte do policial e ativista Paulo Vaz no dia 14 de março, Pedro HMC, marido de Paulo e também influenciador digital, afirmou que ficará afastado das redes sociais. Criador do canal Põe na Roda, um dos principais canais sobre diversidade do YouTube brasileiro, Pedro foi casado com Paulo por quatro anos e, juntos, os dois produziram conteúdos para as redes sociais sobre temas relacionados a vivências de pessoas LGBTQIA+.

"Os últimos dias foram duros. A dor é imensa", postou a equipe de Pedro no Instagram do criador de conteúdo. "Pelos próximos tempos, Pedro ficará afastado das redes para se recuperar e viver seu luto. Ele está amparado por amigos, parentes e pela família do Paulo, que a todo momento esteve ao seu lado", completa a nota. A postagem destaca ainda a trajetória de Paulo Vaz: "Seu legado é inestimável". 

A informação da morte do ativista foi divulgada , no dia 14 de março, pela Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra). "Acabamos de saber que o @popo_vaz nos deixou. Infelizmente perdemos mais um de nós que não suportou continuar em uma sociedade tão violenta e desumana. Rest in Power Paulo. Obrigada por tudo! Seguiremos em luto, na luta", publicou a associação em uma rede social. "A ANTRA se solidariza a familia e amigos do Paulo, em especial ao querido Pedro HMC com o qual era casado. Recebam nosso mais sincero abraço e nossos sentimentos".

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Paulo passou a ganhar notoriedade na mídia ao utilizar as redes sociais para viabilizar as causas das pessoas trans. Ele trabalhava como agente de segurança desde abril de 2018, em São Paulo. Paulo também era casado com o youtuber Pedro HMC, do canal Põe na Roda - um dos maiores canais do Brasil que trata de assuntos da cultura e entretenimento LGBTQIA+, com mais de 220 milhões de acessos no YouTube.

O perfil do Instagram do Põe na Roda estava indisponível. A causa da morte de Paulo não foi divulgada.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags