Participamos do

Escritora cearense é finalista do Prêmio Kindle de Literatura

"A Filha Primitiva" é o romance de estreia da escritora Vanessa Passos e apresenta em seu enredo "uma história de amor e ódio, violência e redenção"
11:15 | Dez. 13, 2021
Autor Miguel Araujo
Foto do autor
Miguel Araujo Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ceará será representado na final do 6º Prêmio Kindle de Literatura com a obra “A Filha Primitiva”, da escritora, professora de escrita criativa e doutora em Literatura Comparada Vanessa Passos. O resultado foi divulgado pela Amazon nesta segunda-feira, 13, e, além da cearense, concorrem ao prêmio quatro escritores - sendo três do Nordeste. O anúncio do vencedor será em janeiro. O premiado receberá R$ 50 mil, terá sua obra publicada pelo Grupo Editorial Record e produzida em audiolivro. 

Romance de estreia da escritora, “A Filha Primitiva” foi lançado em julho de 2021 e apresenta em seu enredo “uma história de amor e ódio, violência e redenção”. A trama é ambientada em Fortaleza e reúne protagonistas femininas - avó, mãe e filha. O livro “traz luz e sombra” para essas três gerações de mulheres, "unidas pela dor e pelo abandono, separadas pela fé, pelo ceticismo e pelos segredos que guardam". O livro está disponível gratuitamente em formato digital na Amazon nesta segunda-feira, 13.

|LEIA TAMBÉM| Vanessa Passos retrata mulheres invisibilizadas em "A Filha Primitiva"

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Além da cearense, a final do prêmio conta com os pernambucanos Eduardo Soares (“A Jurema: Sob o Céu do Sertão”) e José Manuel Torres (“Ciudad Augusta: Uma Distopia Latino-Americana”); com a baiana Juciane Reis ("Xirê das Águas”) e a capixaba Jeovanna Vieira (“Virgínia Mordida”). Foram mais de 2.400 obras inscritas nesta edição e os critérios avaliados foram criatividade, originalidade, qualidade de escrita e viabilidade comercial.

Para Vanessa, é “uma alegria enorme” ser finalista do prêmio. Autora dos livros Manual de Estilo e Criação Literária com a artesão Lygia Bojunga”, “Fábrica de Histórias” e “A Mulher Mais Amada do Mundo”, ela ressalta a importância da publicação independente e acredita que o concurso é importante para aumentar o alcance de obras literárias.


Até a publicação desta matéria, “A Filha Primitiva” teve mais de 35 mil páginas lidas, 319 avaliações de leitores na Amazon e mais de mil downloads. A cearense ficou surpresa diante dos comentários recebidos, pois, mesmo sabendo que “a obra tinha qualidade literária”, o trabalho “aborda temas espinhosos na literatura”, como a maternidade não romantizada. Assim, esperava um choque diferente nos leitores.

“O livro foi um choque muito positivo para as pessoas. O que recebo de feedback diariamente dos leitores é que o livro é impactante, muito forte e faz refletir. A obra traz questões também sobre ancestralidade, tema que está na minha literatura e no meu estilo. Então, foi uma recepção muito grande”, comenta a escritora.

Segundo Vanessa, a obra passou por 11 versões, entre revisões e cortes, para, enfim, chegar ao resultado final. “Eu sinto que ‘A Filha Primitiva’, para mim, é um marco na minha trajetória literária”, relata a cearense. Quanto a expectativas relacionadas ao prêmio, Vanessa Passos garante que está com o sentimento de “tranquilidade” por ter consciência de que fez “tudo o que poderia fazer”.

Tenha acesso a reportagens especiais. Assine O POVO+ clicando aqui 

“Na minha vida e na minha literatura, eu faço o que está dentro do meu alcance. Eu não meço esforços. Eu tenho essa consciência tranquila de que fiz o meu melhor. A sensação é de missão cumprida. Agora é esperar”, afirma.


Prêmio Kindle de Literatura

Promovido pela Amazon, o Prêmio Kindle de Literatura tem apoio do Grupo Editorial Record e conta com a participação de Amazon Audible. O concurso cultural busca premiar obras literárias inéditas na categoria Ficção/Romance escritas em português do Brasil, sendo “romance” uma narrativa ficcional longa enquadrada em qualquer subcategoria, como fantasia, ficção científica, suspense e outros.

O júri do prêmio será composto pela jornalista e escritora cearense Socorro Acioli, pela filósofa, escritora e ativista antirracismo Sueli Carneiro, e pelo escritor e cineasta João Paulo Cuenca. O anúncio do vencedor do 6º Prêmio Kindle de Literatura será realizado entre os dias 17 e 21 de janeiro de 2022, segundo a Amazon. Além de receber R$ 50 mil, quem for contemplado com o prêmio terá sua obra publicada e distribuída comercialmente no formato impresso pelo Grupo Editorial Record. Os finalistas também terão suas obras produzidas em audiolivro pela Audible.

Os vencedores das últimas edições do Prêmio Kindle de Literatura foram “O Pássaro Secreto”, de Marília Arnaud; “Dias Vazios”, de Barbara Nonato; “Dama de Paus”; de Eliana Cardoso; “O Memorial do Desterro”, de Mauro Maciel, e “Machamba”, de Gisele Mirabai. Os trabalhos literários foram publicados de forma independente por meio do Kindle Direct Publishing, mecanismo de autopublicação disponibilizado pela Amazon.

Podcast Vida&Arte

O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags