Participamos do

Fernanda Montenegro deve ser nova imortal da Academia Brasileira de Letras

A atriz Fernanda Montenegro pode se tornar a próxima imortal da Academia Brasileira de Letras (ABL) no dia 4 de novembro
16:57 | Out. 08, 2021
Autor Clara Menezes
Foto do autor
Clara Menezes Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Fernanda Montenegro, um dos grandes nomes da dramaturgia, deve se tornar a próxima imortal da Academia Brasileira de Letras no dia 4 de novembro. A atriz é a única inscrita para assumir a cadeira de número 17, aberta após a morte do diplomata Affonso Arinos de Mello Franco em março do ano passado.

A informação foi divulgada por um membro da ABL para o jornal “Folha de S. Paulo”. A fonte indicou que a artista era a única da lista em um e-mail enviado pela secretaria da instituição. Se eleita, ela ocupará o posto em março de 2022, quando o órgão retornar do recesso.

Com uma carreira que já alcança as sete décadas, Fernanda Montenegro acumula mais de uma centena de trabalhos. Além de atuar em grandes peças, como “O Beijo no Asfalto”, de Nelson Rodrigues, é atriz de cinema e televisão.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

“Eles Não Usam Black Tie” (1981), “A Hora da Estrela” (1985), “Central do Brasil” (1999), “O Auto da Compadecida” (1999) e “A Vida Invisível” (2019) foram algumas das produções de seu currículo. Inclusive, tornou-se a única brasileira indicada ao Oscar na categoria de “Melhor Atriz”.

Há dois anos, lançou o livro “Prólogo, Ato, Epílogo”, uma autobiografia escrita em parceria com a jornalista e dramaturga Marta Góes. A obra, publicada pela Companhia das Letras, mostra sua trajetória pessoal e profissional.

O prazo de inscrições para as eleições foi finalizado no início de setembro. Em novembro, também haverá a definição para as cadeiras de número 12, 20 e 39, deixadas, respectivamente, pelo historiador Alfredo Bosi, pelo advogado Murilo Melo Filho e pelo professor Marco Maciel.

Outro nome cotado para uma das vagas é o cantor e compositor Gilberto Gil. O artista, também ex-ministro da Cultura, anunciou sua candidatura em agosto deste ano.

Tenha acesso a todos os colunistas. Assine O POVO+ clicando aqui

Podcast Vida&Arte

O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker. Confira o podcast clicando aqui

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags