Participamos do

Britney Spears está livre: seu pai, Jamie Spears, é removido de tutela

Após mais de uma década sob controle das decisões pessoais e profissionais de Britney Spears, Jamie Spears é removido da tutela
19:59 | Set. 29, 2021
Autor Clara Menezes
Foto do autor
Clara Menezes Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Jamie Spears, pai de Britney Spears, foi afastado oficialmente da tutela em que mantinha a filha há 13 anos. A decisão foi tomada pela juíza Brenda Penny nesta quarta-feira, 29.

Agora, o contador John Zabel vai substituir o cargo temporariamente e poderá controlar as decisões financeiras da artista. O responsável pelas questões pessoais da cantora pop, Jodi Montgomery, permanece no caso.

O futuro da custódia, porém, ainda é incerto. A previsão é de que uma ação sobre o assunto seja tomada até dezembro deste ano, mais especificamente, entre outubro e novembro.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

De acordo com informações divulgadas pelo portal "Variety", o advogado de Britney Spears afirmou à juíza que a artista concordou em primeiro suspender o pai para, depois, definir o que ocorrerá com a tutela. O objetivo da cantora é que a situação chegue a um fim definitivo.

Em agosto deste ano, Jamie já tinha concordado em renunciar da custódia. Entretanto, a decisão final foi realizada por meios legais nesta quarta, 29.

Britney Spears está em batalha para colocar um fim na tutela de seus assuntos pessoais e profissionais, que foi concedida ao pai desde 2008. Em depoimentos, ela falou sobre não poder tomar até decisões de interesse privado, como retirar o método contraceptivo para engravidar.

A situação gerou o movimento “#FreeBritney”, que consiste em fãs e personalidades famosas que se pronunciam em apoio à artista. Manifestações costumam ser realizadas nos lugares que terão audiência sobre o assunto.

Podcast Vida&Arte

O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker. Confira o podcast clicando aqui.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags