PUBLICIDADE
Vida & Arte
Noticia

Pabllo Vittar fala sobre posicionamento de artistas: "Tem que botar a boca no trombone"

A cantora também criticou a conduta do presidente Jair Bolsonaro em meio a crise sanitária de Covid-19

12:06 | 28/06/2021
Pabllo Vittar critica Bolsonaro e a falta de posicionamento de artistas  (Foto: Reprodução/YouTube/PablloVittar)
Pabllo Vittar critica Bolsonaro e a falta de posicionamento de artistas (Foto: Reprodução/YouTube/PablloVittar)

Em resposta aos debates levantados sobre artistas a respeito do posicionamento político, Pabllo Vittar deu sua opinião sobre as pessoas que ficam "em cima do muro". A cantora criticou que não fala sobre os acontecimentos atuais no País em entrevista para a Folha de São Paulo e disse que são coniventes com a crise atual.

“Se você, que tem uma plataforma grande, é artista, está na novela, está cantando, tem que botar a boca no trombone mesmo. É muito feio artistas que se privam disso e ainda se acham no direito de se incomodarem com a cobrança. Isso é ridículo”, afirmou. Para a artista, quem está calado no momento atual é conivente e "apertou 17", se referindo ao número de Bolsonaro nas eleições presidenciais de 2018.

Leia também | Babu Santana critica Bolsonaro em música: "O mito ataca quem quer ajudar"

"Não podemos olhar isso tudo e pensar que está tudo normal. Não podemos todo dia ligar a TV e ver um monte de gente morrendo de um vírus que tem vacina. É o seu papel, como pessoa que está lá representando o país, comprar as vacinas, dar vacina, cuidar da população. E não debochar com escárnio igual ele (o presidente Jair Bolsonaro) faz. É revoltante", desabafou.

Pabllo ainda falou "o que me deixa triste é o Bolsonaro no poder. O que me deixa com tesão… vacina no meu braço, seria um tesão”, em referência ao novo clipe, "Triste com T".

Podcast Vida&Arte
O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker.