PUBLICIDADE
Vida & Arte
Noticia

Ceará e Pernambuco são destaques entre os premiados no 4º CineFestival

Cerimônia de encerramento do 4º CineFestival - Festival de Cinema do Vale do Jaguaribe aconteceu no sábado, 20, com transmissão online pelo Instagram oficial do evento. Os curtas-metragens concorriam ao Troféu Araibu

Luiza Ester
19:58 | 22/03/2021
Filme 'Noite de Seresta',  de Sávio Fernandes e Muniz Filho, levou os prêmios de Melhor Produção Cearense, Melhor Documentário e Melhor Direção pelo Júri Oficial (Foto: Divulgação)
Filme 'Noite de Seresta', de Sávio Fernandes e Muniz Filho, levou os prêmios de Melhor Produção Cearense, Melhor Documentário e Melhor Direção pelo Júri Oficial (Foto: Divulgação)

Após semana de programação intensa, com exibição online e gratuita de 36 curtas-metragens, o CineFestival - Festival de Cinema do Vale do Jaguaribe anunciou os premiados da sua 4ª edição. Entre os destaques, o filme cearense “Noite de Seresta” e os pernambucanos "Inabitável" e “Pega-se facção”. Cerimônia de encerramento aconteceu no sábado, 20, com apresentação de Deydianne Piaf, personagem do ator cearense Denis Lacerda, em transmissão pelo Instagram oficial do evento.

Os curtas-metragens premiados pelo Júri Oficial foram agraciados em diversas categorias com o Troféu Araibu, criado e produzido pela Associação dos Artesãos e Artistas Plásticos de Russas. Com título em homenagem ao Riacho Araibu, patrimônio histórico do município cearense, o prêmio é feito da carnaúba, árvore-símbolo do Estado do Ceará. As produções foram avaliadas pelo diretor de fotografia Daniel Donato, a atriz e diretora Georgina Castro e o roteirista e produtor cultural Rodrigo Passolargo.

“Inabitável”, filme pernambucano de Enock Carvalho e Matheus Farias, recebeu os prêmios de Melhor Curta Nacional, Melhor Atriz, Melhor Roteiro e Melhor Montagem pelo Júri Oficial. Protagonizado por Luciana Souza, Sophia William e Erlene Melo, a produção retrata um mundo antes da pandemia. Ao procurar por sua filha Roberta, que está desaparecida, Marilene corre contra o tempo.

Filme pernambucano "Inabitável", de Enock Carvalho e Matheus Farias
Foto: Divulgação
Filme pernambucano "Inabitável", de Enock Carvalho e Matheus Farias

Já o filme cearense “Noite de Seresta”, de Sávio Fernandes e Muniz Filho, levou as categorias de Melhor Produção Cearense, Melhor Documentário e Melhor Direção pelo Júri Oficial, além do prêmio de Melhor Documentário pelo Júri Popular (decidido pelo público em votação aberta). A obra aborda a paixão musical de Katia Blander, que canta acompanhada de midis de karaokê num bar de Fortaleza.

O também pernambucano “Pega-se facção”, de Thaís Braga, ficou com os prêmios de Melhor Fotografia e Melhor Som pelo Júri Oficial. Na trama do curta-metragem, o sustento de mãe e filha em Caruaru, município de Pernambuco, por meio da costura domiciliar terceirizada. Luciene Noêmia e Micaele Liane são as protagonistas da produção.

O Júri da Crítica, formado por Eric Magda, Rafael Vasconcelos e Vinícius Bozzo, concedeu o Prêmio da Crítica ao catarinense “A Morte Branca Do Feiticeiro Negro”, de Rodrigo Ribeiro (Melhor Curta Nacional) e ao cearense “Pátria”, de Lívia Costa E Sunny Maia (Melhor Produção Cearense). Tal honraria foi entregue em parceria com a Associação Cearense de Críticos de Cinema (Aceccine).

Na avaliação da entidade de crítica cinematográfica, o curta “Pátria” documenta a história brasileira de uma forma impessoal e irreverente, mas não deixando de ser um “grito por democracia”.

Filme cearense "Pátria", de Lívia Costa e Sunny Maia
Foto: Divulgação
Filme cearense "Pátria", de Lívia Costa e Sunny Maia

Realizado pela Deberton Filmes, o 4º CineFestival recebeu 300 curtas-metragens brasileiros. A programação virtual, que aconteceu de 15 a 20 de março, contou com a curadoria de Pedro Azevedo, programador do Cinema do Dragão.

Confira lista completa de premiados

Vencedores Pelo Júri Oficial

- Melhor Curta Nacional: Inabitável, De Enock Carvalho E Matheus Farias – (PE)

- Melhor Produção Cearense: Noite De Seresta, De Sávio Fernandes E Muniz Filho – (CE)

- Melhor Documentário: Noite De Seresta, De Sávio Fernandes E Muniz Filho – (CE)

- Menção Honrosa: Drama Queen, De Gabriela Luíza – (MG)

- Melhor Direção: Sávio Fernandes E Muniz Filho, Por “Noite De Seresta” – (CE)

- Melhor Atriz: Luciana Souza, Por “Inabitável” – (PE)

- Melhor Ator: Daniel Veiga, Por “Você Tem Olhos Tristes” – (SP)

- Melhor Roteiro: Enock Carvalho E Matheus Farias, Por “Inabitável” – (PE)

- Melhor Fotografia: Sylara Silvério, Por “Pega-se Facção” – (PE)

- Melhor Som: Sylara Silvério, Por “Pega-se Facção” – (PE)

- Melhor Trilha Sonora: João Simas, Thierry Castelo, Jales Carvalho, Viviane Vazzi E André Lucap, Por “Rasga Mortalha” – (RJ)

- Melhor Arte: Carolina Timoteo, Por “Abjetas 288” – (SE)

- Melhor Montagem: Matheus Farias, Por “Inabitável” – (PE)

Vencedores do Júri Popular

- Melhor Curta Nacional: Rio Das Almas E Negras Memórias, De Taize Inácia E Thaynara Rezende – (GO)

- Melhor Produção Cearense: Arquitetura Do Gesto - De Arthur Dalim, Fernanda Barros, Lanna Carvalho E Rebeca Karam – (CE)

- Melhor Documentário: Noite De Seresta, De Sávio Fernandes E Muniz Filho – (CE)

- Melhor Curta Universitário: Mil Vinny’s- Suíte Cachoeirana - De Luan Santos – (BA)

- Melhor Animação: A Lenda Do Sol E Da Tempestade, De Hugo Tortul Ferriolli E Victor Laildher Do Amaral – (MG)

Vencedores do Prêmio Da Crítica (Aceccine)

- Melhor Curta Nacional: A Morte Branca Do Feiticeiro Negro, De Rodrigo Ribeiro – (SC)

- Melhor Produção Cearense: Pátria, De Lívia Costa E Sunny Maia – (CE)