PUBLICIDADE
Vida & Arte
Noticia

Campanha solidária arrecada doações para músicos cearenses

A iniciativa busca ajudar músicos do Estado que estão sem trabalho e que passam por dificuldades tanto financeiras quanto de alimentação.

13:52 | 08/03/2021
O Sindimuce também distribuiu cestas básicas em outros municípios cearenses, como Quixadá e Paracuru. Na foto, ação realizada em junho de 2020 em Quixadá pelo sindicato.
 (Foto: Sindimuce/Divulgação)
O Sindimuce também distribuiu cestas básicas em outros municípios cearenses, como Quixadá e Paracuru. Na foto, ação realizada em junho de 2020 em Quixadá pelo sindicato. (Foto: Sindimuce/Divulgação)

Em meio às dificuldades enfrentadas pelo setor musical devido às consequências da pandemia no Estado, o Sindicato dos Músicos Profissionais do Estado do Ceará (Sindimuce) promove ação para arrecadar cestas básicas a músicos cearenses. É possível realizar doações financeiras com valores a partir de R$ 1 por meio de transação bancária via Pix. As quantias serão destinadas para a compra de cestas básicas e os profissionais receberão as doações a partir de cadastro em formulário disponibilizado pelo sindicato.

A iniciativa ocorre com o objetivo de ajudar músicos do Estado que estão sem trabalho durante a pandemia e estão passando por dificuldades tanto financeiras quanto de alimentação. Daniel Domingues, tecladista, cantor e diretor do Sindimuce, afirma que vários profissionais estão enfrentando problemas para se alimentar e estão “sem o básico nas mesas”.

Para o diretor, as ações estatais de ajuda ao setor na pandemia foram tardias. Além disso, ele aponta que o auxílio financeiro de R$ 1 mil (dividido em duas parcelas de R$ 500) anunciado para o setor de eventos é insuficiente quando segmentado por 12 meses, período próximo ao tempo de duração da pandemia no Estado até aqui. Nessa divisão, o valor disponibilizado corresponderia a cerca de R$ 83 mensais, quantia que não abarcaria as despesas básicas para sobrevivência.

Leia também | Ilustradoras cearenses abordam questões femininas em diferentes técnicas

Dessa maneira, o sindicato realiza, desde o ano passado, ações para minimizar as perdas financeiras decorrentes da diminuição de trabalhos presenciais devido às medidas restritivas de circulação social. Entre as iniciativas promovidas, foram feitas lives e rifas solidárias. O Sindimuce também distribuiu cestas básicas em outros municípios cearenses, como Quixadá e Paracuru.

Como situações de dificuldades que Daniel chegou a visualizar, ele relata que, em uma visita a Quixadá, se deparou com um recém-nascido, filho de cantora, bebendo água com maizena. Além disso, chegou a conhecer um sanfoneiro de 70 anos que se deslocou por quilômetros para conseguir cesta básica.

Leia também | National Geographic exibe documentário de Frida Kahlo no Dia da Mulher

Diante de várias adversidades, o diretor do Sindimuce destaca que a principal preocupação atualmente é garantir alimentação aos músicos cearenses: “O nosso objetivo agora é não deixar músicos passarem fome. Muitos estão sem trabalhar e tiveram que vender os próprios equipamentos. Além disso, vários estão com contas atrasadas, luz e água cortadas. Fome é algo que não vamos admitir. Então, nossa prioridade hoje é combater a fome e colocar pelo menos o básico na mesa dos músicos”.

Assim, podem se cadastrar para o recebimento igualitário de cestas básicas músicos cearenses que são ou não afiliados ao Sindimuce. Após o cadastro, a equipe do sindicato entrará em contato para realizar as entregas. No caso de profissionais que moram fora da Capital e que não seja possível enviar diretamente as cestas, serão feitos depósitos bancários nas quantias referentes. Será possível fazer doações até o término da pandemia.

Serviço
Arrecadação de cestas básicas Sindimuce

Cadastramento para músicos: no formulário disponibilizado pelo sindicato


Dados Sindimuce (doações a partir de R$ 1):
Pix: [email protected]
Banco: Caixa Econômica
Agência: 1887
Operação: 003 (pessoa jurídica) Conta: 2493-8.
CNPJ: 07.358.856/0001-82.

Mais informações: perfil @sindimuce no Instagram