PUBLICIDADE
Vida & Arte
NOTÍCIA

Gabriel Aragão e Italo Azevedo lançam single Tempo de Partir

O single é o primeiro trabalho de Gabriel fora da banda Selvagens à Procura de Lei e indica disco de estreia de Italo

21:19 | 08/03/2021
A produção de Gabriel Aragão (à esq.) e Italo Azevedo (à dir.) está disponível nas plataformas digitais (Foto: Divulgação/Instagram)
A produção de Gabriel Aragão (à esq.) e Italo Azevedo (à dir.) está disponível nas plataformas digitais (Foto: Divulgação/Instagram)

O single “Tempo de Partir”, lançado no sábado, 6, explora o encontro de duas vozes cearenses em composição que reflete momentos do passado. O guitarrista e vocalista da banda Selvagens à Procura de Lei, Gabriel Aragão, trabalha em conjunto com o cantor Italo Azevedo no primeiro projeto independente. A canção está disponível nas plataformas digitais e o clipe, dirigido e roteirizado por Camila Almeida, pode ser visualizado no Youtube.

A música nasceu no projeto “Contando Histórias Com Música”, que consiste em aulas musicais ministradas por Gabriel. Nelas, cada aluno submete uma canção autoral para avaliação. O rascunho encaminhado por Italo se transformou em “Tempo de Partir” após um processo de produção em conjunto com Matheus Brasil, da banda Rivera. Inicialmente planejado para ser um feat, o trabalho cresceu como colaboração e sinaliza a estreia do primeiro disco solo de Italo. O clipe, com participação do ator Tiago Pedro e finalização de Gabriel Araújo, desenvolve a narrativa por meio de fotografias.

O guitarrista vivenciou a nova experiência como uma oportunidade para sair da zona de conforto e desenvolver práticas já iniciadas em “Paraíso Portátil”, último álbum lançado pela Selvagens à Procura de Lei, em 2019. “Estou curtindo muito poder soltar minha voz, explorei essa questão de trabalhar a voz como instrumento, alcançar nuances diferentes, explorar como profissional”, explica o artista que também pontua que o processo de criação aconteceu de maneira natural.

Gabriel, assim como o enredo descrito em “Tempo de Partir”, reviveu o passado. Ele resgatou o violão de nylon, muito utilizado durante anos da adolescência, mas que acabou sendo deixado de lado com o ritmo frenético com a banda nos onze anos de formação. “É tão brasileiro, remete a tantas coisas naturais pra gente, que eu decidi comprar de novo e voltei a estudar”, conta. Em suas novas produções, o artista quer explorar temáticas ligadas à política e temas sociais.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Gabriel Aragão (@gabrieloaragao

Os fãs da banda, no entanto, podem esperar novidades. Os integrantes do grupo estarão no dia 4 de abril no programa “Versões”, do canal BIS, prestando homenagem ao cantor Belchior. Enquanto isso, Gabriel segue com projetos autorais, como a colaboração na trilha sonora de um curta cearense sobre Jaguaribara, cidade do interior do Ceará, previsto para ser lançado ainda no primeiro semestre de 2021. O ano, inclusive, é definido por ele como “um ano criativo para a carreira solo”, quando pretende trabalhar em singles avulsos com diferentes músicos.