PUBLICIDADE
Vida & Arte
Noticia

Quadrinistas e ilustradores recomendam histórias em quadrinhos brasileiras

No Dia do Quadrinho Nacional, comemorado hoje, 30 de janeiro, profissionais cearenses indicam HQ’s e ilustrações brasileiras para acompanhar

10:00 | 30/01/2021
'Angola Janga', de Marcelo D'Salete, foi publicada em 2017 (Foto: Reprodução/ Amazon)
'Angola Janga', de Marcelo D'Salete, foi publicada em 2017 (Foto: Reprodução/ Amazon)

Há quase quatro décadas, o Brasil celebra sua produção de quadrinhos no dia 30 de janeiro. Terra de artistas famosos, o Brasil detém um repertório que varia em técnica, narrativa e formato. Com o objetivo de exaltar essa obra no Dia do Quadrinho Nacional, O POVO convidou quadrinistas e ilustradores para recomendarem suas HQ’s favoritas. Confira:

Mayara & Anabelle

Mayara é transferida para o Ceará após investigar uma situação proibida na Secretaria de Atividades Fora do Comum de São Paulo. Quando chega em solo cearense, conhece a funcionária Annabelle. Antes mesmo de se conhecerem melhor, as duas já se desgostam. De repente, porém, precisam deixar seus problemas de lado para combater uma ameaça que coloca Fortaleza em risco.

Dividida em capítulos, a obra de Pablo Casado e Talles Rodrigues está disponível no site da Amazon. “Acho que é uma HQ bem brasileira, com diversos elementos pop. Isso faz o quadrinho ser único. A mistura de regionalidade com arquétipos de histórias conhecidas é muito revigorante”, explica o ilustrador e quadrinista Deleon Hippolyto.

Histórias Tristes e Piadas Ruins

Resultado de meia década de trabalho da artista Laura Athayde, a coletânea de tirinhas “Histórias Tristes e Piadas Ruins” aborda reflexões sobre o universo feminino. Pensamentos sobre autoestima, amor, sexo e desilusão são alguns dos temas expostos nas páginas.

“É muito bem diagramado, com um projeto gráfico lindo. Também tem uma arte rica e eclética, com histórias curtas sobre o universo feminino e outros temas muito relevantes. É uma obra para ler e, depois, comprar muitos exemplares para dar de presente. É uma obra necessária”, afirma o quadrinista, ilustrador e professor de arte, Daniel Brandão.

Laura Athayde vende suas histórias e desenhos no portal da Banca Tatuí. Apesar de ”Histórias Tristes e Piadas Ruins” estar esgotado, ela conta com outros 12 trabalhos disponíveis. Entre eles, está “Aconteceu comigo - histórias de mulheres reais”.

Ângulo de Vista

Rafael Fritzen costuma postar as tirinhas do “Ângulo de Vista” em seu perfil no Instagram. Com mais de 500 mil seguidores, as histórias mostram diferentes perspectivas sobre a vida. A partir de situações tão recorrentes, a narrativa traz reflexões acerca das relações sociais e do cotidiano.

“Eu me apaixonei por esse trabalho porque é simples, do cotidiano e engraçado. Fala dos percalços da vida de um jovem adulto de uma maneira que a gente se identifica e ri. Tudo isso com traços simples, como se tivessem sido desenhados por uma criança. Acho que esses elementos tornam as tirinhas mais próximas das pessoas”, opina o quadrinista Rondney Mendonça.

 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 

A post shared by Rafael Fritzen (@angulodevista)

Melaço

“Melaço” é uma publicação coletiva lançada por Aline Lemos, Bruna Morgan, Dani Franck, Dika Araújo, Jujuqui, Lita Hayata, Manu Negri, Mtika E Talita Régis. A partir de sete histórias diferentes, as narrativas são conectadas pelos sentimentos de amor vivenciados por mulheres.

“A publicação traz sete histórias, cada uma com um traço diferente, mas que são unidas por um objetivo: falar e mostrar o amor entre mulheres. Com histórias curtas e felizes, ‘Melaço’ nos faz acreditar no amor e torcer para que tudo dê certo no final”, indica a quadrinista Dhiôw. O conteúdo está disponível para venda on-line.

Angola Janga

Na capitania de Pernambuco, escravos que fugiam dos engenhos da região formaram o que viria a ser o maior quilombo da América Latina. Denominado de “Palmares”, o lugar tinha milhares de habitantes. Era um símbolo de resistência - personificado muitas vezes pela figura de Zumbi - contra a opressão e o racismo no Brasil.

Durante uma década, Marcelo D’Salete se debruçou sobre a história desse local. E o resultado foi a HQ “Angola Janga”, que está disponível para compra na Amazon. “Com traços fortes em preto e branco, Marcelo apresenta as pessoas que construíram esse pequeno pedaço da África no Brasil, como Zumbi, Acotirene, Dara, Ganga-Zumba…”, afirma Dhiôw.

“Também é mostrado como o mundo foi violento com os negros escravizados e que as marcas desse passado continuam se perpetuando nos dias de hoje. Para mim, Angola Janga não é um simples quadrinho, mas uma aula de história brasileira”, finaliza.

 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 

A post shared by Marcelo D'Salete (@marcelo.dsalete)

Anamnese

Publicado pela Reboot Comic Store, “Anamnese” mistura realidade e fantasia para adentrar na mente humana. Em um mundo desconhecido, uma curandeira persegue um espírito maligno. Ao mesmo tempo, em um universo familiar, uma pessoa busca chegar nas origens de seus medos.

A obra de Márcio Moreira e Talles Rodrigues foi lançada em 2019 e pode ser comprada no site oficial da loja. “O modo em que a história mistura a aventura com a abordagem da mente humana é bastante instigante. É um quadrinho que coloca a mente para pensar”, recomenda Deleon Hippolyto.

 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 

A post shared by Márcio Moreira (@marciomorena_)