PUBLICIDADE
Exposições e Cursos
Noticia

Mulheres artistas da Argentina e do Brasil ocuparão prédio no Rio de Janeiro

A partir do dia 13 de janeiro, será possível conferir mais de 80 obras espalhadas pelo edifício do Centro Cultural Oi Futuro

18:04 | 06/01/2021
"Costurar é um ato de amor", xilogravura de Anna Carolina Albernaz (Foto: Beto Felicio / Divulgação)

A exposição “Una(S)+” nasceu a partir do intercâmbio entre Brasil e Argentina, derivada da instalação “Fiz das Tripas, Corazón”, de 2019, da artista portenha/carioca Ileana Hochmann. Na ocasião, Hochmann convidou a curadora Maria Arlete Gonçalves para ajudá-la a selecionar obras dos dois países. Agora, no próximo dia 13, a parceria chega ao Rio de Janeiro com mais força: com direito à performances e novas instalações. Mais de 80 artes ocuparão o prédio do Centro Cultural Oi Futuro, no bairro do Flamengo.

A mostra não se restringe às salas expositivas e se espalha também pelas escadas, pátio externo, cobertura, térreo e elevador. Originalmente programada para maio de 2020, adiada duas vezes devido a pandemia do novo coronavírus, agora contempla também produções feitas em meio ao isolamento social.

Arte de Tina Velho nomeada como "A Grande Mãe" (2020)
Foto: Tina Velho / Divulgação
Arte de Tina Velho nomeada como "A Grande Mãe" (2020)

“Entramos em contato com as artistas e elas começaram a produzir muito e usar novas linguagens, uma vez que estavam afastadas de seus ateliês, mas explorando todas as possibilidades possíveis dentro de suas casas”, conta Gonçalves.

As artistas do Brasil com obras presentes são: Ana Carolina Albernaz, Bete Bullara, Bia Junqueira, Carmen Luz, Denise Cathilina, Evany Cardoso, Nina Alexandrisky, Regina de Paula e Tina Velho. Já da Argentina: Fabiana Larrea, Ileana Hochmann, Marisol San Jorge, Milagro Torreblanca, Patricia Ackerman, Silvia Hilário.

“Apesar de perto, estamos culturalmente muito distantes de nossas hermanas e a mostra tem também esse papel”, avalia a curadora.

Imagem de Bette Bullara, parte da exposição  "Fiz das Tripas, Corazón"
Imagem de Bette Bullara, parte da exposição "Fiz das Tripas, Corazón" (Foto: Bete Bullara/ Divulgação)


O objetivo é fazer um resgate histórico do papel da mulher na arte. “Houve um apagamento da presença feminina, mas as mulheres sempre fizeram muito e nosso intuito é mostrar essa produção contemporânea”. Para Arlete Gonçalves,as mulheres estavam nos museus, mas sempre sob o olhar masculino: ora como musa, ora como santa, ora como prostituta.

 

Serviço:
Exposição “Una(S)+”
Quando: de 13 de janeiro a 28 de março de 2021
Horários: 11 às 13 horas, 13h30min às 15h30min e 16 às 18 horas
Onde: Centro Cultural Oi Futuro Flamengo, rua Dois de Dezembro 63, Flamengo, Rio de Janeiro
Mais informações e agendamento: no site do Oi Futuro

Telefone: 21 3131 3050
Entrada gratuita