PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Paranaense de 19 anos é a primeira brasileira no K-Pop

De nome artístico Leia, Larissa Ayumi nasceu em Curitiba e também tem ascendência japonesa; grupo também é integrado pela senegalesa Fatou

13:35 | 16/10/2020
Da esquerda para a direita: Fatou, Leia, Youngheun, Judy e Hyemi. (Foto: Reproução/BlackSwan Instagram)
Da esquerda para a direita: Fatou, Leia, Youngheun, Judy e Hyemi. (Foto: Reproução/BlackSwan Instagram)

A empresa sul-coreana DR Music lançou a primeira idol brasileira na indústria do K-Pop. A paranaense Larissa Ayumi, de 19 anos, é integrante do grupo feminino Black Swan, composto por cinco artistas. Leia (o nome artístico de Larissa) nasceu em Curitiba e tem ascendência japonesa por parte do pai.

No grupo, Leia é rapper de apoio, vocalista e maknae (ou seja, a integrante mais jovem). Além dela, o grupo é integrado pela senegalesa Fatou, de 25 anos, e as sul-coreanas Youngheun, 25, Hyeme, 24, e Judy, 23.

Fatou é uma das poucas idols negras na indústria. Ela nasceu na cidade de Dakar e morou na Bélgica antes de se mudar para a Coreia do Sul. Antes de começar o treinamento, Fatou trabalhava como modelo.


O grupo Black Swan estreou nesta sexta-feira, 16, com o álbum Goodbye Rania - grupo antecessor do Black Swan. O álbum tem 14 faixas, sendo a música Tonight a faixa título.

Assista ao clipe Tonight do girl group: