PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Projeto Retomada das Livrarias arrecada contribuições e abre inscrições para micro livrarias que desejam receber auxílio

"Projeto Retomada das Livrarias" visa fortalecer o mercado de livros no País, disponibilizando uma renda financeira para que os micro e pequenos donos de livrarias mantenham suas atividades

Lillian Santos
14:29 | 23/07/2020
"Projeto Retomada das Livrarias" visa fortalecer o mercado de livros no País, disponibilizando uma renda financeira para que os micro e pequenos donos de livrarias mantenham suas atividades (Foto: Alex Gomes em agosto de 2019) (Foto: Alex Gomes/ Especial para O POVO)
"Projeto Retomada das Livrarias" visa fortalecer o mercado de livros no País, disponibilizando uma renda financeira para que os micro e pequenos donos de livrarias mantenham suas atividades (Foto: Alex Gomes em agosto de 2019) (Foto: Alex Gomes/ Especial para O POVO)

Em cada página, um universo de trajetórias, experiências e descobertas são guardados nos livros que são colocados nas prateleiras. Com objetivo de arrecadar fundos para contribuir no funcionamento e manutenção de pequenas livrarias de todo o Brasil, a Câmara Brasileira do Livro (CBL), em conjunto com a Associação Nacional de Livrarias (ANL) e do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL), lançaram no mês de junho uma campanha de financiamento coletivo para auxiliar as lojas de livros.

Leia mais | Mapa colaborativo mostra livrarias brasileiras com serviço de entrega durante a quarentena

Intitulada “Projeto Retomada das Livrarias”, o programa visa fortalecer o mercado de livros no País, disponibilizando uma renda financeira para que os micro e pequenos donos de livrarias mantenham suas atividades, principalmente após interromperem os trabalhos presenciais devido às medidas de prevenção contra o Coronavírus.

Além da Câmara do Livro, da Associação de Livrarias e do Sindicato de Editores, grandes empresas do ramo literário contribuem com o projeto, como a Faro Editorial, Distribuidora Catavento, Leitura, Editora Melhoramentos e Grupo Companhia das Letras. Buscando novos apoiadores, o Projeto Retomada das Livrarias está arrecadando doações na plataforma de financiamento coletivo Kickante. Até o momento, mais de R$ 20.600 foram levantados, cerca de 6% da meta total prevista pelo projeto.

Além de contribuições por meio da plataforma virtual, o Projeto Retomada das Livrarias também está recebendo doações em transferência bancária.

Com mais de 200 lojas de livros inscritas até o momento para receber o auxílio financeiro, as pequenas e micro livrarias que desejarem participar podem se inscrever no site do Projeto. Após a inscrição, uma comissão avaliará os dados e o perfil de cada empresa para, depois, validar o registro.

Leia tambémLeitura na quarentena: confira lista de serviços de assinatura de livros

"O Projeto Retomada nos apresenta a oportunidade de renovar a esperança e contribuir para a recuperação da energia financeira necessária no retorno saudável das atividades das micro e pequenas livrarias", declara Bernardo Gurbanov, presidente da Associação Nacional de Livrarias (ANL), em depoimento divulgado na plataforma.

Para doar para o Projeto Retomada das Livrarias

Transferência Bancária
Banco Itaú
Ag.0180
c/c 15288-6
Câmara Brasileira do Livro
CNPJ 60.792.942/0001-81

Doações em cartões de crédito ou boleto
Plataforma Kickante

Ouça o Podcast Vida&Arte: