PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Dia da Pizza: saiba a origem e as adaptações do prato que é paixão nacional

No Brasil, a data é comemorada no dia 10 de julho desde 1985, em alusão à data final de um concurso, realizado em São Paulo, para eleger a melhor receita de pizza

08:00 | 10/07/2020
Reprodução/ Freepik  (Foto:  No Brasil, a data é comemorada no dia 10 de julho desde 1985, em alusão a data final de um concurso, realizado em São Paulo, para eleger a melhor receita de pizza)
Reprodução/ Freepik (Foto: No Brasil, a data é comemorada no dia 10 de julho desde 1985, em alusão a data final de um concurso, realizado em São Paulo, para eleger a melhor receita de pizza)

Um disco de massa, tradicionalmente coberto por molho de tomate, queijo e recheio a gosto, conquistou há 131 anos o paladar das pessoas. Criada na Itália, a pizza ganhou, ao longo dos anos, diversos sabores e tamanhos. Com borda ou sem borda, feita em forno à lenha, industrial ou caseiro, atraindo sempre os amantes da massa. A paixão é tanta que comemora-se no dia 10 de julho o Dia da Pizza.

A influência italiana no Brasil ajudou a compor a gastronomia do País e trouxe novos gostos e hábitos alimentares, especialmente a paixão por massas. Com a chegada dos italianos e a migração do campo para a cidade em busca de uma melhor condição de vida, começaram a surgir as primeiras pizzarias brasileiras, na cidade de São Paulo. O prato se tornou um clássico nacional em fatias e foi apropriado pelos brasileiros, como explica a professora universitária de Gastronomia, Vivian Menezes. “Hoje, a nossa pizza tem muito mais recheio do que a pizza italiana. A gente acabou incorporando um ou outro jeitinho diferente de fazer e hoje todo mundo é doido por pizza”.

Leia tambémDia da Pizza: restaurantes de Fortaleza fazem promoções para celebrar a data nesta sexta-feira, 10 de julho (10/07)

Ainda segundo a professora, a gastronomia do Brasil é rica e diversificada, já que muito da culinária brasileira é herança dos povos que vieram para o País. Bem como os imigrantes italianos, que chegaram em grande leva para trabalhar nas safras de café na região Sul. A eles, atribui-se também a influência do costume do plantio de uva, para a produção de vinho, e o cultivo de trigo, trazendo o gosto pela farinha branca. Antes disso, predominava o consumo de farinha de milho e mandioca, alimentos utilizados originalmente pela cultura indígena.

Origem

A pizza é de origem italiana, mais precisamente em Nápoles, no século XI. Foi lá que surgiu a primeira massa fermentada redonda de farinha de trigo, com alguns ingredientes na cobertura e o indispensável queijo. Posteriormente, no século XVI, após a chegada do tomate na Itália, vindo da América, a receita ganhou mais um componente: o molho de tomate, ingrediente que se tornou tão especial quanto o queijo. Desde então, a pizza vem conquistando o gosto das pessoas mundo a fora.

Dia da Pizza

Na Itália, a data teve origem em 1889 quando o italiano Raffaele Esposito, primeiro pizzaiolo da história, criou a receita do sabor margherita, com ingredientes que homenageavam a bandeira italiana: mussarela (branco), tomate (vermelho) e manjericão (verde). No Brasil, a data passou a ser comemorada em 1985, quando a Secretaria do Turismo de São Paulo promoveu um concurso para eleger as dez melhores receitas de pizza, que terminou no dia 10 de julho, já comemorado como Dia da Pizza na Itália.

Adaptações brasileiras

Para ser considerada uma verdadeira pizza napolitana pela Associazione Verace Pizza Napoletana (AVPN), a receita deve obedecer a alguns critérios de produção, dentre os quais destaca-se o tamanho da pizza, que é originalmente individual e a cobertura que só admite duas variedades: margherita (mussarela, azeite, manjericão e molho de tomate) e marinara (alho, azeite, tomate e orégano).

Portanto, a pizza de diversos tamanhos ou até mesmo em outras formas, fugindo do tradicional disco e com recheio de todos os sabores, é tipicamente brasileira, como a clássica de oito fatias. “A gente não se enquadra nesses padrões, mas a gente faz pizza do jeito brasileiro. Aprendemos com os napolitanos e acabamos adaptando o costume do italiano ao jeito, aos insumos e ao gosto brasileiro”, completa Vivian Menezes.

Para comemorar a data, a professora Vivian ensina uma receita para fazer em casa. Confira os ingredientes necessários e o modo de fazer:

Massa de Pizza:
(Ingredientes)
- 500g de farinha de trigo
- 5g de fermento biológico seco (ou 15 g de fermento biológico fresco)
- 230g de água
- 50g de óleo
- 10g de sal
- 8g de açúcar
- 20g de cachaça

Modo de preparo:
- Misturar a farinha, o açúcar e o fermento. Juntar a cachaça, e parte da água, aos poucos. Incorporar. Acrescentar o sal, mais um pouco da água e o óleo. Trabalhar a massa manualmente por uns 10 min, até ficar lisa.

- Cobrir com um filme plástico e deixar descansar por 45 minutos.

- Abrir discos (250 g para massas finas; 350 g para massas médias; e 450 g para massas grossas) considerando um diâmetro de 35 cm. Colocar os discos em assadeiras, levemente untadas com azeite, cobertas com plástico e levar mais uma vez para descansar por 30 min;

- Após o descanso, pincelar molho de tomate nos discos, e levá-los ao forno, 200º.C, por cerca de 5 minutos para pré-assar.

- Depois de pré-assar, rechear como preferir e voltar ao forno, 200ºC, até assar.

TAGS