PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Biblioteca Livro Livre Curió arrecada fundos com revista produzida por artistas cearenses

A revista Pechisbeque reúne contos, crônicas, poesias e artes visuais e está disponível para leitura em versão mobile e ebook

10:45 | 27/06/2020
A Biblioteca Comunitária Livro Livre Curió está fazendo campanha para continuar funcionando (Foto: DIVULGAÇÃO)
A Biblioteca Comunitária Livro Livre Curió está fazendo campanha para continuar funcionando (Foto: DIVULGAÇÃO)

 

Por causa da crise financeira que surgiu no cenário de pandemia, a Biblioteca Comunitária Livro Livre Curió está precisando arrecadar fundos para garantir o seu funcionamento. Diante disso, Ricardo Figueroa e outros escritores cearenses resolveram ajudar, produzindo uma coletânea de textos que pudessem ser distribuídos com dados para que as pessoas pudessem doar qualquer quantia para ajudar a causa.

A Revista Pechisbeque já existia, com três edições passadas. Madjer Pontes, um dos seus fundadores, deu a ideia de retomar a publicação para ser distribuída também como uma forma de arrecadação. A quarta edição da revista trouxe contos, crônicas, poesias e artes visuais.

“Como é um grupo bastante plural, então nós não quisemos escolher um tema. Nosso foco principal foi a qualidade artística. Por isso, tem textos humorísticos, outros de cunho filosófico, poesia romântica, poesia com temática LGBT, crítica social, e outras formas de arte”, explica Figueroa.

“Por ser uma revista focada na distribuição digital, ela foi toda pensada e diagramada para ser lida pelo celular. A visualização móvel, em celular ou tablet, é mais fácil, porque ela já foi projetada pra isso”, comenta o escritor. A Pechisbeque também está disponível na versão ebook, pela Amazon.

“A gente conseguiu muita coisa com essa revista. Nós mostramos para o mundo autores que até então estavam com seus textos só em redes sociais”. explica. “A Livro Livre Curió merece toda a ajuda possível. Permitir acesso à literatura e outras formas de arte dentro de uma comunidade com um dos menores IDH da cidade é uma missão complicada. Ainda é cedo pra conseguir medir o impacto que a publicação teve na Biblioteca, mas com certeza em algumas semanas nós vamos sentir essa mudança", explica o escritor.

Participaram desta edição da revista os artistas Gabriel Themotheo, Beatriz Caldas, Dante de Almeida, Júlio Camilo, Madjer Pontes, Edilson Pereira, Luciana Ximenes, Luiz Moreno e Ricardo Figueroa
Participaram desta edição da revista os artistas Gabriel Themotheo, Beatriz Caldas, Dante de Almeida, Júlio Camilo, Madjer Pontes, Edilson Pereira, Luciana Ximenes, Luiz Moreno e Ricardo Figueroa (Foto: DIVULGAÇÃO)

Figueroa diz ainda que, depois da publicação da revista, outros artistas entraram em contato dispostos a doar seus textos para novas publicações. “Existe uma infinidade de outras causas e instituições a ajudar, então há uma enorme possibilidade de que a revista continue sendo publicada. Se a cada edição dessa iniciativa a gente conseguir ajudar uma instituição social e mostrar para o mundo o trabalho de algum artista que antes ficava restrito às suas redes sociais, ou mesmo nos seus próprios cadernos, vai ser o encontro perfeito entre a solidariedade e a arte”, declara Figueroa.

Participaram desta edição da revista os artistas Gabriel Themotheo, Beatriz Caldas, Dante de Almeida, Júlio Camilo, Madjer Pontes, Edilson Pereira, Luciana Ximenes, Luiz Moreno e Ricardo Figueroa.

SERVIÇO

Versão mobile da revista: https://drive.google.com/file/d/1j9PuxZ5ZkN2F9mtIKd7S6nJrCudcsPxS/view

Ebook da revista: https://www.amazon.com.br/dp/B08BHK8VT7